punheta primo

Massagem erotica do meu primo gostoso

Eu estava sozinha em casa, meu irmao tinha ido para o curso, meus pais trabalhar e minha irmãzinha estava na escola. Meu primo tinha acabado de chegar, levei ele p sala e disse que ele poderia ficar a vontade que eu iria tomar banho e ficaria no segundo andar da casa. Tomei banho, coloquei meu roupão, sai do banheiro e fui pro meu quarto e comecei a passar creme e massageando minhas pernas. Estava tão distraída com isso que não notei meu primo entrando no quarto e levei um susto quando ele pegou na minha bunda. Ele me virou de frente p ele e perguntou se poderia passar o creme nas partes que eu ainda não havia passado, eu aceitei, afinal era meu primo apenas, que mal poderia ocorrer né?

Metendo gostoso no carro com meu primo

Ola meus amores, hoje vou narrar  mais uma aventura que tive com meu primo nesse conto erótico

Chupando o primo do meu Pai

Olá a todos, me chamo Bruno (fictício), 25 verões vividos, Branco, cabelo liso, castanho claro, topete, pouco mais de 1,80 de altura, 70kg, interior de Sp. Vou contar o que occorreu algum tempo atrás, quando eu ainda tinha meus 19 anos.

Primo carinhoso

Olá meu nome é Gustavo tenho 38 anos, sou casado tenho uma filha, e tive minhas aventuras quando mais novo, com eu primo que sou apaixonado nele até hoje. Todo verão íamos pra Guarapari, a família tinha comprado uns apartamentos no mesmo condomínio na praia do morro, e verão íamos pra lá, os primos se reunião e era uma festa. Eu já tinha dado pra ele na casa de campo, não tirava ele da cabeça! Nós tínhamos namoradas e tudo mais! Mas naquela semana elas não tinham ido pra lá ainda. Elas estavam tendo aula! No prédio era mais complicado a gente se pegar! Tinha sempre muita gente. Mas eu não me contive! Fui ao banheiro me lavei, deixei minha bundinha toda lisa, me lavei com a ducha (aquela chuca) meti bem os meus dois dedos no cu, deixei ele já abertinho pra receber aquele pica maravilhosa!

Minha esposa com meu primo (ainda me viguei)

Olá sou Téo, tenho 24 anos este conto foi real e aconteceu a 2 anos atrás.

Chupando o primo safadinho na festa

Certo dia recebemos um convite de festa de casamento de um de nossos primos, e a festa de recepção ia ser na casa de minha tia no interior, praticamente um sítio, e como nem todo mundo ia poder voltar no final da festa (como era nosso caso) e lá era enorme, íamos dormir por lá mesmo.

Meu primo pauzudo

Olá, meu nome é Gustavo, tenho 38 anos, casado e pai de uma filha. Vida que segue! Bom, quando eu tinha 17 anos eu ia muito pra casa de campo de minha família, os primos se encontravam e percorríamos muitas matas, córregos, desbravando sempre a área. Meu primo com a minha mesma idade, sempre me acompanhava, nesse dia em especial fomos até uma plantação de janelões, subimos nobre e ficamos chupando os frutos, sentados nos galhos, foi então que ele começou a falar que ele tinha fodido o cuzinho da namorada dele, que era uma delícia fuder um cuzinho, e nisso ele pôs a mão dentro da sua bermuda, e começou a punhetar seu pau, e eu disfarçando pra não dar na pinta que eu estava olhando pra pica dele. Foi então que ele tirou aquela pica maravilhosa, grande com a glande rosa, já meladinha. Me veio uma água

Noite Caliente com meu primo

Meu nome é Mirelle, tenho 18 anos e vou relatar o que aconteceu quando eu estava com meus 16 aninhos.

Mamei a piroca do meu primo

Olá, me chamo Carlos, tenho 17 anos e vou contar outra historia minha com meu primo Alisson, que tem 20 anos.

Minha esposa dando para o primo roludo

Olá! Meu nome é Luiz, sou casado com Ana há 5 anos. Minha esposa tem 1,65 m, seios volumosos mas não exagerado, uma boca carnuda, pernas lindas e uma buceta totalmente depilada, além de uma bunda muito atraente. Gostamos muito de fantasiar no sexo, principalmente fantasias que envolvem outros casais conosco. Sonhamos em fazer um swing mas até então não tínhamos realizado essa fantasia. Até que um dia resolvemos realizar esse sonho. Pensamos primeiro em visitar uma casa de swing mas achamos que seria muito frio. Queríamos que fosse algo bem emocionante. Ana sempre me falava que tinha um primo, chamado Renato, que ela já tinha ficado quando era mais jovem e que os dois ainda tinham tesão um pelo outro e que só não tinha rolado nada de novo porque ela não deixava. Então perguntei a ela se ela queria dar para ele e ela disse que sim na mesma hora. Safada! Esse primo era do interior mas sempre vinha em BH a trabalho e ficava em pensão ou hotel. Falei para Ana começar a conversar com ele pela internet e convida-lo para ficar hospedado em nossa casa. Foi o que ela fez e ela aceitou prontamente, afinal não ia perder a oportunidade de ficar perto da minha mulherzinha, rsrs. Chegou o dia dele se hospedar e eu falei para Ana espera-lo com uma roupa bem provocante. Ela colocou uma blusinha de malha fininha um pouco larga e sem sutiã e uma sainha curta com uma calcinha minúscula é claro, rsrs. Não estava em casa quando ele chegou. Fiz isso de propósito para deixá-la á vontade para seduzi-lo. Ela me contou que ele arregalou os olhos quando ela abriu a porta e quando ela o abraçou não conteve a excitação, ela logo percebeu que o volume aumentou na sua calça. Papo vem papo vai, ela começou a lembrar da época que os dois se agarravam e ele tava adorando a conversa. Foi quando ela perguntou na lata se ele não tinha saudade e ele falou que morre de vontade de pega-la de no mas agora não seria mais possível. Nessa hora ela se levantou da cadeira e foi ao encontro dele na outra cadeira, sentou no seu colo de frente pra ele com as pernas abertas e perguntou: por que não? Ela disse que o pau dele endureceu na hora mas o rapaz disse que ela era casada então não seria possível. Ela chegou no seu ouvido e disse: mas e se fosse com a aprovação do meu marido. Aliás, e se eu estiver com vontade de dar para vcs dois? Ele, mais que depressa agarrou ela, lascou um beijo e disse que toparia na hora. Então eles começaram: ANA – Então nós vamos fazer uma surpresa para o meu marido. Renato – Qual? ANA – quero que ele chegue e me pegue com a sua rola na minha boca. Renato– então pega e engole tudo. Foi o que ela fez. Ana abriu a calça de Renato e começou a chupar aquele pau como uma louca. Não demorou muito para eu chegar e pegar ela mamando ferozmente a rola do Renato. Quando ela me viu disse: Ta vendo amor, não te esperei para começar nossa brincadeira. Renato ficou meio desconcertado, mas eu logo disse para ele aproveitar porque naquela noite ela seria a nossa vadia. Ana acabou de tirar a roupa de Renato enquanto eu tirava sua saia e sua blusa. Renato caiu de boca nos seus seios como um louco, devia estar com uma vontade incrível de agarrar aqueles peitos maravilhosos. Enquanto ele chupava seus seios e a beijava, ela batia uma punheta pra ele e eu comecei a passar a mão na sua buceta. Perguntei pra ela: pra quem vc vai dar primeiro? Para o Renato porque tem muito tempo que ele não me come. Nessa hora ela ficou de quatro para Renato fuder aquela buceta gostosa. Foi o que ele fez. Logo enfiou e começou a socá-la bem forte. Ela mais que depressa pediu meu pau na sua boca e mamava loucamente enquanto ele metia o ferro naquela buceta. Não demorou muito para ele gozar. Nessa hora ela falou: Vem meu amor, me come, me fode, me esfola com seu pau. Que tesão! Meti como nunca havia metido naquela buceta deliciosa.. Depois me deitei para ela sentar em cima. Ela sentou e pediu o pau do Renato na boca de novo. O cara tava louco de tesão que logo gozou na boca dela. Esparramou porra no rosto inteiro, nessa hora não agüentei e gozei também. Nos deitamos um pouco, Renato chupava seus seios e eu a sua buceta. Depois trocamos e ela gozou na boca do Renato. Foi demais! Como se não bastasse ela disse para a gente se recompor porque ela queria dar muito ainda naquela noite. Mas isso eu conto outra hora.

Chupando meu primo enquanto ele dormia

Essa história é 100% verídica.

Fui comido pelo primo do meu namorado

Como único, tudo bem? Venho divulgar pra vocês uma coisa que resultou essa semana e foi… eu diria… abrupto. Eu sou Gabriel, tenho 20 anos, tenho 1,80 80kg sou branco e passivo. Eu amor com um rapaz de 28 anos, se chama Lucas e é bem bom, possui 1,85 80kg fortão, loiro e análogo. Lucas mora com o essencial e o adepto, eles sabem que amor com o Lucas por isso frequento a casa deles de ótima… Porém vamos ao feito. Nessa semana que se passou, eu dormi na casa do Lucas e ele saiu de manhã para trabalhar, eu achei que aparecia sem companhia em casa por isso acordei e fui tomar um bom banho, deixei a acesso destrancada. O essencial do Lucas, que se chama Gustavo 22 anos, possui o altura similar com o dele (alto, forte, loiro), entrou no banheiro. Na momento me assustei porém ele disse que iria utilizar rapidinho, que iria pra facul. Por isso eu me virei e continuei tomando meu banho… me ensaboando, porém sem sem segundas intenções sabe? Pq eu amo meu aficcionado e análogo, de modo algum pensei em adulterar ele e nem sequer nada. Porém de acesso, vi que Gustavo também tava no banheiro, no momento em que me virei ele tava se punhetando, tava de olhos fechados e batendo uma punheta daquelas… Eu não sabia o que realizar e dei um ai baixo, ele abriu os olhos assustados e falou pra eu ficar quieto, que ele nao resistiu e bla bla. Eu fiquei com humilhação, fui saindo do chuva, porém no momento em que fui sair do banheiro ele me pegou por tras, empurrou a acesso, trancou e começou a me abecar, beijar meu pescoço: – “Encontra-se aqui comigo… vc vai abronzar, vemk vem.”

Minha prima bateu uma punheta pra mim

Olá.Sou novo no site e esse é meu primeiro conto.Uma historia Real que aconteceu comigo esses dias.os nomes que vou usar para relatar o acontecimento que aconteceu esses dias não são os nossos nomes verdadeiros.Eu Breno (nome nao verdadeiro) Tenho 22 anos, 1,78 de altura moreno com um corpo malhado.Esses dias foi aniversario de minha irmã pequena e minha mae me ligou avisando que ela faria uma festa pra minha irmã e queria que eu comparecesse,então eu disse que tudo bem eu iria e que também dormiria na casa da minha mae pois teria de resolver ums negócios na minha cidade natal e se hospedaria lá por ums dias e depois voltaria.Chegando lá cumprimentei todo mundo e dei o presente da minha irmã a ela e quando estava indo ao meu quarto guardar as roupas quando apareceu minha prima Mirelly(nome nao verdadeiro) que fazia um tempinho que nao a via me abraçando dizendo que estava com saudades e que eu estava lindo eu a elogiei também dizendo que ela estava muito gata que com certeza devem ter varios na cola dela(minha prima era uma morena linda de rosto,alta com peitos médios e uma bunda deliciosa.essa minha prima é um tesao desde a adolescencia eu tenho desejo por ela mas nunca tive coragem de chegar nela por medo do qual seria sua reação)ela deu risada e e a gente começou a conversar a botar o papo em dia aí deu a hora de cantar o parabéns para a aniversariante.todo mundo cantou comeu o bolo e foi embora ficando só meus tios minha prima e o irmao dela.eu fui para o meu quarto … deitar na cama e mexer no facebook no celular aí minha mae veio me avisar que era pra mim arrumar o colchão que minha prima iria dormir em casa eu disse ok e arrumei o colchão.aí todo mundo jantou meus tios e meu primo foram embora ficando só minha prima.todos ja tinha tomado banho e ja estavam em seus quartos menos eu e minha prima entao ela me perguntou se eu iria tomar banho eu disse que ela podia ir primeiro ela entao foi e quando terminou veio ao meu quarto com um shortinho pequeno que ficava metade da bunda pra fora com uma camisetinha manga comprida branca meio transparente sem nada por baixo eu entao disse que ela tava linda ela deu risada e disse “eu linda?de pijama improvisado?!” nesse momento nos dois demos risada eu entao botei o celular pra carregar e fui tomar banho ao terminar vesti a cueca uma bermuda e uma camisa regata e fui para meu quarto, ja era 23:45 meus pais foram dar boa noite pra nós e disseram pra gente nao esquecer de desligar a tv antes de dormir.era meia noite e nós dois estavamos acordados mexendo no celular eu estava no facebook quando vi uma foto de uma ex que tava gostosa demais num vestidinho… nesse momento deu até vontade de voltar com ela rsrsrs. nesse momento deu um tezao e eu comecei a ver ums videos pornô que mandavam nos grupos do whatsapp na galeria e meu pau ja tava duro e minha prima percebeu a movimentaçao da minha mao dentro da bermuda e perguntou se tava tudo bem eu disse que sim só estava coçando ela entao se sentou perto de mim e perguntou o que eu estava vendo aí quando ela viu o video ela disse “nossa que safado rsrsrs” ela perguntou se ela poderia ver junto comigo eu disse que sim ela entao se deitou do meu lado e nao tirava o olho do video parecia que nunca tinha visto rsrsrs ela entao perguntou se meu pau tava duro eu disse que sim ela perguntou novamente se era por causa do video eu disse que um pouco do video e um pouco por ela. ela entao ficou surpresa e disse “Nossa! como assim seu pau ficou duro por minha causa? rsrsrs” eu entao disse a ela que era por que ela era muito gostosa que eu tinha muito tezao por ela desde a adolescencia mas nunca falei nada por que tinha medo de sua reaçao ou de ela contar para os pais dela ou os meus ela entao ficou surpresa novamente.aí ficou um silencio a gente ainda assistindo os videos ela entao disse que se eu quisesse podia colocar para fora eu coloquei ela ficou surpresa pelo tamanho e grossura ela nao parava de olhar até que perguntou se podia pegar eu disse que sim ela entao pegou deu ums apertoes no meu pau e começou a bater uma pra mim que delicia minha prima por quem eu tinha tanto tezao desde a adolescencia batendo uma pra mim! tava tão gostoso que mão macia eu entao perguntei pra ela se podia tocar uma pra ela ela abaixou o shortinho e a calcinha eu comecei a bater uma siririca pra ela que bucetinha molhada lisinha moreninha dos labios levemente rosados tava encharcada eu comecei com um dedo depois com dois e em seguida tres tava tao bom ela gemia … baixinho o que era mais excitante ainda enquanto eu tocava pra ela ela batia pra mima sem parar eu tava quase gozando quando ela disse pra mim nao parar que ela iria gozar eu disse que tambem iria gozar nesse momento ela se aproximou o rosto perto do meu pau e disse pra mim gozar na sua boca ela ainda tava batendo sem parar até que eu gozei na boquinha dela gozei muito que gozada gostosa ela engoliu tudo e ficou olhando com aquela carinha linda de safada pra mim eu disse pra ela chupar meu pau ela disse que hoje nao eu ainda tava tocando uma pra ela até que ela começou a gemer alto eu disse pra ela gemer mais baixo por que meus pais tavam dormindo no quarto ao lado eu tava com com 3 dedos dentro e a outra mao tocando no grelo ela falava no meu ouvido “nao para que eu vou gozar” eu entao comecei a ir mais rapido ainda até que ela gozou eu aproximei meu rosto rapidamente e bebi tudo que delicia ela tava toda cansada já quando eu comecei denovo e ela gemia sem parar tava quase gritando aí eu a beijava pra abafar eu tava indo rapido demais ela gozou mais uma vez eu bebi tudinho que delicia que buceta gostosa a gente tava cansado demais já desligamos a tv e ficamos se beijando mais um pouco encerramos com um beijo de boa noite e dormimos de conchinha na minha cama.depois nos outros dias nao rolou mais nada só ums beijos até que chegou o dia de eu ir embora ela me deu um beijo de despedida e disse que da proxima vez ela vai me deixar fazer o que eu quiser com ela.me despedi de meus pais e minha irmã e fui embora.Fiquei sabendo que ela foi embora de lá só hoje. agora eu tenho o numero dela e a gente conversa muito e quando eu comer ela venho contar para voces e pelo jeito nao vai demorar muito rsrsrs.Esse foi meu conto espero que gostem e nao se esqueçam de votar.

Meu Primo Não Me Queria

Tenho 24 anos e vou contar uma historia que aconteceu a 8 anos atras, me chamo Mariana tenho 1,65 de altura bunda media redondinha e peito pequeno, na época tinha 18 aninhos, uma ninfetinha deliciosa rsrs. Eu tenho um primo delicioso que na época tinha 22 anos, ele e bem mais alto que eu, tem tipo uns 1,85 por ai, ele tem um corpo gostoso não muito sarado mais que e uma delicia, ele tem aquele estilo nerdao, parecia nunca ter pegado uma mulher. Eu sempre ia dormir na casa do meu tio por isso eu sempre via meu primo, e eu sempre mostrava que eu estava afim dele, alem disso andava com roupas provocativas, quando nos ficávamos sozinhos eu usava só calcinha e sutiã, mas ele não mostrava querer

Primeira vez com meu primo

Olá, me chamo Leonardo, tenho 29 anos, 1,75m, sou moreno, casado e com 2 filhos. Nesse meu primeiro conto resolvi contar da primeira vez que tive relações sexuais com outro homem, é uma historia real que aconteceu com meu primo mais velho.

Minha namorada e meus primos – Parte 1

Estamos atualmente namorando a 5 anos e vai-le chifres na minha cabeça, sempre fui muito bobinho e não via maldade nas coisas, agora após termos nossa relação aberta que eu consigo me recordar de diversos momentos em que diversos

Putaria com o primo dos sonhos

O fato que vou relatar aconteceu em meados de 2019. Aqui vou me chamar de Douglas, 27 anos, casado, e muito bem casado. Na época dos acontecimentos, era solteiro, assim como meu primo, que aqui vou chamar de Marquinhos, hoje também casado. Não gosto de rótulos. Não me considero gay, talvez bissexual. Vejo o sexo como a melhor sensação que um ser-humano pode ter ao longo dos curtos anos em que passamos por aqui. Então acho besteira se limitar a um só segmento sendo que conseguimos extrair muito prazer de variáveis formas. Marquinhos sempre me chamou a atenção, desde a pré adolescência quando ele ia na minha casa ver revistas pornôs. Achava ele com o corpo perfeito (para o meu gosto). Nada musculoso, nem gordo nem magro, branco e liso. E uma bundinha suculenta pra caralho. Redondinha. Uma

Fui comida no apagão por um mulato gostoso

Eu sou gamada em sexo oral, é algo que mexe com meu corpo, sinto um tesão enorme em chupar um pau e fazer um homem gemer e delirar com minha língua, aprendi, depois de muito pesquisar e ver filmes a fazer garganta profunda, amo sentir os jatos de leite quente na boca e me lambuzar todinha.

Comi minha prima tesuda enquanto ela dormia

Me chamo Rafael, tenho 19 anos e vou lhes relatar o que me aconteceu. Era início de janeiro, e fomos viajar para o Rio Grande do Sul, passar nossas férias nas praias.Fomos eu e 2 irmãos meu, e no outro carro foram meus tios e minhas duas primas, a Tifane de 25 anos e sua irmã Talita de 19 anos que era um tesãozinho de prima, mas era extremamente timida. Com sua bundinha arrebitadinha e uns peitinhos relativamente grandes durinhos e empinados, tinha um rosto lindo, cabelos lisos e compridos, e pernas bem torneadas. Ficamos numa casa de dois quartos mais uma sala bem espaçosa, e meus tios ficaram num quarto, minhas primas no outro e eu e meus irmãos ficamos dormindo no chão da sala. A nossa programação era sempre ir à praia de manhã e a tarde,e de noite, eu e meus irmãos e minhas primas, ficávamos todos deitados nos colchões da sala assistindo TV até pegar no sono, isso quando não ficávamos brincando de lutinha todos contra todos, nessas brincadeiras, comecei a reparar na minha prima Talita, sempre que ela tinha oportunidade, ela passava a mão nas nossas bundas, nossas pernas e nossos paus como se fosse sem querer, todos ali não davam bola pensando mesmo que era sem querer, mas as suas pegadas me deixavam com tesão. Talita era mais timida que sua irmã e não sabia se tinha malicia em suas mãos. Naquele dia, meus tios depois do almoço estavam dormindo no seu quarto e todos na sala haviam dormido, somente eu e Talita que não, então peguei um lençol, e fui me deitar do lado de Talita alegando que queria dormir, me cobri e comecei a fingir que estava dormindo, passaram-se uns 20 minutos e eu senti a mão dela pousar sobre minha perna e ir em direção à minha virilha, ela parou um pouco para ver se eu não acordava, vendo que eu nem me mexi, ela pousou sua mão sobre meu pau e começou a dar leves apalpadas, aquilo me deixou louco de tesão e meu pau ficou duro. Ela então começou a colocar sua mão por dentro do meu calção massageando meu pau delicadamente e seus movimentos me proporcionavam tanto prazer que eu tive que me concentrar para não gozar, ficou nisso mais uns 25 min. Comecei a achar que ela sabia que eu estava fingindo dormir, pois estava bem avançada e sem medo. Até que o pai dela entrou na sala para nos chamar para ir à praia, ela tirou rapidamente a sua mão, eu fingi que não reparei e ninguém na sala viu, pois o lençol escondia, ela se levantou e foi para o banheiro e nós ficamos nos arrumando. Estávamos quase saindo, mas minha tia veio me pedir para ficar esperando Talita pois ela estava no banheiro passando creme no cabelo, disse à ela que não tinha problema que eu ficava esperando para ela não ir sozinha depois, eles então foram a praia e eu fiquei na sala pensando algum propósito para entrar naquele banheiro, peguei meu barbeador e bati na porta pedindo para entrar, que precisava me barbear e falei que não tinha problema, pois eu não conseguiria vê-la através do box. Ela me deixou entrar, estava tomando um banho e eu comecei a me barbear e conversar com ela:

Minha Primeira vez com Raul

Me chamo Lucas, hoje tenho 32 anos. Sou moreno claro, tenho 184 de alt,95kg,olhos e cabelos castanhos, o que ire relatar aqui aconteceu quando eu era adolescente tinha meus 17 anos.

Metendo com a Minha Tia Gordinha Safada

Bem…venho através desse site relatar um acontecimento em minha vida que até hoje me ecxita muito.Ao contrário do q muitos pensam o relato é real e até hoje me excito de relembrar e por isso quis detalhar bem o relato para que não faltasse nada…. Sou branco….1,88m….78kg,olhos e cabelos castanhos.Tudo começou num dia em que meus primos resolveram ir para a praia e me convidaram para passar o final de semana junto com eles.Iriam meus dois primos:Marcos de 19 anos,Ricardo de 15 e a minha tia de 48 anos.Minha tia(Neuza) tem mais ou menos 1,60m e uns 70 kg……é bem cheinha,mas com seios fartos e uma bunda enorme…..e com cabelos lisos na altura dos ombros..sempre foi muito caseira e sempre usou roupas “reservadas”,ainda mais pela idade… No primeiro dia na praia,todos fomos pegar um sol enquanto a minha tia ficou no apartamento preparando o almoço.Eu estava tomando um sol,quando derrepente lembrei que teria que ligar para a minha namorada que havia ficado em são Paulo e então resolvi ir até ao apartamento pois havia deixado o meu celular na mochila…..ao entrar no apartamento não vi sinal de minha tia e então fui a sua procura.Ao me aproximar do quarto ouvi uns gemidos ,mas como sabia que o meu tio estava trabalhando em são

A Primeira Piroca na Mão foi do meu Irmão

2005 …. Morávamos no interior da região Sul. Eu sempre fui muito”lindinha”. Os rapazes sempre me paqueravam, mais meus irmãos tinham um ciume danado. Carol não pode isso, Carol não pode aquilo. Então estava sempre naquele convivo masculino, futebol, praia, pesca, campo, acampamento.

Transei com minha prima novinha e fogosa

No mês de julho eu mudei de endereço, ou seja, muita confusão e estresse por causa da mudança, mudei para uma casa a 20 metros da que eu morava, mesmo sendo perto, deu um certo trabalho, com isso alguns amigos e minha prima vieram me ajudar, inclusive a minha vizinha dos contos anteriores.

Transando com a Minha tia Putona

Eu tinha 18 anos na época, minha tia tinha 36 ela é uma loira, gostosa pra caramba, rabuda, eu batia (ainda bato) muita punheta todos os dias pra intenção dela.