prima punheteira

Me comeram gostoso na entrevista de emprego

Olá tudo bem? vou narrar essa deliciosa história com muita putaria que aconteceu comigo, Eu tinha quase 19 anos e tinha acabado de chegar à cidade grande. Aquele emprego era realmente tudo que eu precisava. Vesti meu melhor vestido: preto, justo em cima, soltinho em baixo. Salto pequeno, cabelo feito, lá fui eu.

Recém Casada, Seduzida e Pronta Pra Virar Uma Puta Entre 4 Paredes

Vou falar de Joana, era uma jovem, cabelos compridos uns 22 anos, sempre bem quieta usando vestidos longos, um olhar a principio simples, José o Marido uns dois anos mais velho, sempre vinha trazer e buscar ela, pois tinha iniciado estágio algumas semanas atrás, um de meus amigos pediu para dar uma força…

Um desejo insaciável

Olá, sou Mateus tenho 19 anos, olhos claros, moreno e 1,80 de altura. Em um noite de domingo que eu não esperava mais nada, pois já tinha bebido 2 ou 3 garrafas de whisky.

Aluno que transou com sua professora do colegial

Ola colegas,vou lhes montar uma história de sedução e putaria que resultou comigo ano retrasado.

Gosto que me enche de porra

Olá, eu sou Madalena e tenho 20 anos. Atualmente, sou garota de programa e uso a grana para pagar meus estudos. Eu sou de uma família de uma situação financeira razoável, se eu houvesse esperado mais minha mãe tinha me arranjado um emprego legal. Enfim, me joguei no mundo menor de idade e fui fazer minha vida. Eu já tinha experiência, dava pro amigo do meu pai e ele me dava presentinhos, me buscava de carrão na escola… as santinhas tudo ficavam querendo também, inclusive levei algumas que também se perderam, viraram putas incontroláveis. Eu finalmente encontrei a profissão certa, me divirto pra caramba. Mas aparece cada homem lindo, que meu Deus do céu, perco a cabeça mesmo. Eu sou loirinha de

Fantasia Erótica de uma mulher casada

Nós estávamos em viajem na cidade de São Paulo, meu marido iria resolver alguns negócios e eu fui junto para fazer algumas compra e aproveitar para sairmos e nos divertimos. À noite resolvemos ir a um barzinho, eu adoro fazer surpresas para meu marido, então resolvi sair sem calcinha. No bar, sentamos no balcão para tomarmos alguns drinks, quando cruzei as pernas ele percebeu que eu estava sem calcinha, ficou louco de tesão e seu pau endureceu na hora. Passei a mão levemente no pau dele e disse que queria realizar uma das minhas fantasias. Nisso chegou um cara charmoso e sentou ao nosso lado, ele não parava de me olhar, quase me comia com os olhos. Enquanto eu beijava meu marido, eu olhava para ele e o provocava. Ate então meu marido não tinha percebido nada, quando ele foi ao banheiro, o rapaz veio falar comigo, e disse que eu era muito gostosa e falou no meu ouvidinho que estava louco de vontade de me comer, nisso cruzei as pernas e ele também viu que eu estava sem calcinha, passou a mão nas minhas pernas e minha bucetinha chegou a pingar de tesão. Quando meu marido voltou do banheiro percebeu aquele clima, de cara tasquei um beijo na boca dele, antes que falasse alguma coisa e falei em seu ouvido que adoraria dar para os dois esta noite, ele me olhou e pediu se era essa minha fantasia, afirmei pegando a mão dele e passando na minha xoxota toda encharcada, para sentir o quanto eu queria, então concordou. Lhe beijei fogosamente e ao mesmo tempo passei a mão nas pernas do cara ao lado sentindo seu caralho duro, e chamei-o para irmos os três ao motel. Meu marido foi dirigindo e fui chupando o pau do cara no banco de traz. Quando chegamos ao quarto cai de boca no pau dos dois, brinquei bastante com eles enfiando os dois na minha boca. Depois do boquete maravilhoso, eles me jogaram na cama e rasgaram toda minha roupa. Caíram de boca nos meus peitos, meu marido lambeu todo o meu corpo com sua língua quente, ate chegar à minha bucetinha, enquanto o outro mamava ardentemente meus peitos, gozei rapidinho, enchendo a boca do meu amado de porra. Continuaram me chupando gostoso e dando mordidinhas nas costas, pernas, pés, nuca, bunda, até o meu cuzinho chuparam tão gostoso que gozei de novo. Já não aguentava mais, só pedia para eles me comerem que estava louca de tesão e doida pra sentir pela primeira vez dois paus dentro de mim. Fiquei de quatro em cima do meu marido para que mamasse meus peitos e o cara meter seu caralho enorme na minha buceta, depois pedi para ele chupar minha xota enquanto o outro metia, ele atendeu novamente meu desejo e me chupou loucamente enquanto aquele caralhão entrava e saia da minha xana, urrei de tesão e gozei muito. Falei, “agora só falta vocês colocaram esses dois paus juntos em mim”. O cara deitou e trepei em seu caralho, empinei meu rabinho para meu marido, pedi com muito tesão que ele socasse todo o pau no meu cuzinho e ele meteu gostoso, quando os dois paus estavam dentro de mim senti um prazer indescritível, gozei tanto que não conseguia sentir minhas pernas, foi a melhor foda de toda minha vida, e espero que isso se repita por varias vezes. Vou adorar!

Comendo casada de amigo

Esses dias fui jantar na casa de um casal de amigos dai a dias antes ele me disse q tinha vontade de ver sua gostosa esposa loira de corpo de violão transando com outro macho e tudo começou no jantar durante o preparo do jantar ele me avisou q ia ter q sair mais só q era pra mim aproveitar a janta mais a deliciosa esposa dele me disse vou no quarto e já venho e eu de pau duro mais na minha imaginando ela de calcinha e chupando meu pau tava quase gozando quando vi ela toda ali sem roupa e me disse vem me fuder igual uma puta e o corno já sabe q ela era só minha e começamos ela engoliu

Bêbada, transei com motorista de táxi

Me casei com 23 anos, achando que sabia o que era amor. Mas comecei a estudar, a trabalhar e meu casamento foi caindo na rotina. Meu esposo era professor de três escolas, vivia corrigindo provas e planejando aulas, e eu já me sentia sozinha e percebia que ele não demonstrava tanto interesse por mim como antes, e foi justamente aí que vieram as puladinhas de cercas, que nem foram muitas (com o vizinho, com um amigo da faculdade, com o motorista do taxi e o último que foi meu tio).

Meu primeiro chifre

Meu primeiro chifre !!!! Sempre sonhei q minha querida Ana uma bela negra de 36 anos e olhos claros tivesse transado com um negao !!!!! E comecei a ver sites e contos de cornos na net !!!!!certo dia estava eu na caca de uma macho alpha pra minha Aninha quando me depareu com um anuncio de um sr negro de 59 anos pauzudo se dizendo comedor de mulheres casadas , quando li aquilo meu pintinho ficou durinho na mesma hora kkkk pensei pensei e falei vou mandar msg pra esse comedor de mulherzinha de corno !!!! Joguei a isca e de repente o negao me respondeu com muita elegancia e educacao !!!! Falei pra ele q tinha muita vontade de ver minha bela Aninha sentada e rebolando na sua enorme rola , porem nao tinhamos conversado sobre o assunto !!!! Porem comecei com nas minhas transas com minha aninha ..falando pra ela me chamar de corno e falando q ia arrumar um macho com uma enorme rola pra comer ela na minha frente . A principio a Aninha brincava e entrava no crima . …quase todos os dias aquele negao me mandava msg sempre muito educado de bom dia e perguntando pela nossa Aninha !!! Eu respondia ta bem porem ainda nao criamos coragem de realuzar nossos fetiches …ela sempre falava va com calma se precisarem de mim sempre estarei a disposicao !!!certo dia numa de nossas transas eu olhei pra Ana sobre o anuncio e ela falou bem serio pra mim !!! Se vc quer set corno eu q vou escolher o macho e assunto encerrado . Porem fingir q nao entendi e mudei de assunto …passado quase um ano eu comecei com essa historinha dnovo …Ana o sr mandou msg denovo quer t comer de qualquee jeito !!!ela olhou pra com uma carinha q so ela tem de putinha e falou vc e corno mesmo ehn !!!! Eu dei uma risadinha e ela falou deicha eu ver esse negao , nessa hora meu pintinho quase explodiu de tesao , peguei meu celular e mandei pra ela varias conversas dele e varias fotos do pauzao preto dele . Minha Ana veio pro quarto e falou vc vai aguentar ver sua esposa dando pra esse negao e eu balencei a cabeca e disse simm entao pode marcar !!!! No mesmo dia mandei msg pro celular dele falando q poderiamos marcar o dia !!!! Marcamos pra uma sexta feira pois e o dia q costumo folgar !!!! A Ana sempre me lembrando uma vez corno sempre sera corno !!!! Eu nem ligava nao via a hora de ver a ANa rebolando na quela enorme pica preta !!!! Bom chegou o dia , acordamos e fomos numa loja de lingerie e escolhi uma calcinha muito linda preta com rendas , pois queria impressionar o nosso macho alpha .a Ana colocou um vestidinho de puta e um saltinho pra bunda ficar mais empinada ….bom marcamos no motel e o combinado foi nos entrarmos e pegar uma suite e falar

Amiga da minha mãe

Meu nome é Israel tenho 25 anos, sou um negro de boa aparência, porte físico Atlético e sempre acompanhei minha mãe até às festas de suas amigas, mas tinha uma delas que me chamava muita atenção, Mayra.

Traindo o meu marido sendo enrabada por quatro roludos

Olá pessoal.Mais uma vez neste maravilhoso site narrando fatos reais, sem qualquer pitada de ficção ou mentira. Como sabem sou uma mulher madura (51 anos), mas muito bem conservada e sedenta por sexo sem limites.Admito até uma força moderada. Gosto de levar palmadas nas nádegas (que podem ser fortes o suficiente para marcar)e tê-las arranhadas com as unhas. Gosto que puxem meu cabelo com forças e de levar uns tapas no rosto (socos não). Como já sabem sou casada há aproximadamente 25 anos com um homem fraquíssimo em todos os sentidos. Péssimo amante, péssimo amigo, péssimo marido, péssimo tudo. Um fracasso total. Só conheci os prazeres do sexo depois dos 45 anos. Antes nem o papai com mamãe era constante. Depois que passei a traí-lo não parei mais.

Punhetei 3 Irmãos

/ME CHAMO MADALENA TENHO 46 ANOS , SOU CASADA E TENHO 2 FILHOS , MAS REALMENTE O QUE VOU CONTAR É ALGO BEM SACANA QUE ME ACONTECEU QUANDO AINDA ERA UMA MENINA , MEUS PAIS EVANGÉLICOS UMA DOUTRINA BEM RIGOROSA ,MAS EU DESDE AQUELE TEMPO ERA DANADA , TINHA UMA VIZINHA MUITO AMIGA DA MINHA MÃE E DO MEU PAI TAMBÉM , MAS O PROBLEMA ERA QUE ELA TINHA 3 RAPAZES E AS VEZES ÍAMOS LÁ E ELES ESTAVAM SEMPRE POR LÁ , NÃO VOU COLOCAR OS NOMES DELES ,MAS SIM CHAMA

Como me tornei exibicionista – Parte 1

Olá a todos, contarei aqui alguns casos gostosos que ocorreram durante os últimos anos que se iniciaram num desejo pra lá de louco e estranho que meu marido tem me exibir em público, é louco é estranho mas confesso que é extremamente gostoso e hoje em dia participo ativamente e até dou ideias do que e como fazer em nossas brincadeiras, bem na verdade hoje eu determino rsrs, nem tudo que acontece ele vê mas tento sempre narrar em todos os detalhes e ele ama ouvir a minha versão do que ele vê as vezes de longe outras de perto e principalmente do que ele as vezes não vê rsrs, bem então

Fui arrombada pelos amigos do meu pai

Meu nome é Karla, mas todo mundo me chama de Karlinha. Tenho 19 anos, comecei minha vida sexual cedo e sempre fui bastante curiosa sobre sexo, tanto que quando eu era guria eu assistia filmes pornô escondidinha e depois começava a me tocar, foi assim que descobri o que era siririca.

Fui instalar o chuveiro e transei com a vizinha

Olá coros leitores sou novo no site contos eroticos leitor assíduo dos contos.

Putaria no Metro de SP

Esse fato ocorreu em junho de 2017, quando fui a São Paulo para visitar alguns parentes e estava indo para a rodoviária da Barra Funda, peguei o metrô em Itaquera e junto comigo entro um rapaz alto por volta de 1,80m, cabelos curtos e pretos olhos pretos, sem barba, por volta de 25 anos no máximo se chamava Fernando, estava com uma bolsa nas costas, de social e fones de ouvido. Era segunda feira o metrô estava lotado, quase não consegui entrar, com muito esforço, entrei, fiquei de frente para ele, com os fones ele olhava para o horizonte enquanto eu o observava discretamente sentia sua respiração, que tesão. Por duas vezes nossos alhares se cruzaram, resolvi virar de costas para segurar melhor, ele estava encostado na porta, o vagão estava cheio, mas tinha espaço o suficiente para se mexer. O metrô balançava e as vezes nessas balançadas minha bunda encostava no pau do cara, no começo fiquei meio constrangido e tentei me ajeitar, porém, durante os balanços eu ainda encostava no homem, mesmo que sem querer. Aos poucos isso foi me exitando e eu ficava imaginando o que o cara estava pensando, será que estava gostando? Aquilo foi ficando gostoso demais a minha cabeça rodava um filme pornô. Não importava, gostando ou não gostando, continuei roçando nele involuntariamente até a estação Sé.

Provocando o caseiro

Ola! Somos um casal tropical, descobrindo novas possibilidades do viver a dois. Neste momento o caso será narrado por ele, a continuação dessa aventura será narrada por ela.

Chupando bucetinha melada

Um dia cheguei em casa do meu serviço e vi Rafaela toda arrumada pra sair, logo perguntei onde ela ia com aquele micro vestido, ela apenas me disse que o Roberto o fixo dela tinha preparado uma surpresa pra ela e se eu quisesse eu podia esperar ela chegar. E me perguntou se eu queria chupar ela quando ela voltasse, eu respondi que sim e logo a campainha tocou quando fui atender tinha mais 2 caras no carro de Roberto e eles me perguntaram cadê nossa putinha logo Rafaela apareceu e entrou no carro e saíram todos eu fiquei com o Paulo explodindo de tesão ali pensando no que iria acontecer e bati várias punhetas pensando até que as horas passaram e eu adormeci até que meu telefone tocou, era Roberto me

A Amante da academia

Olá ! deixa eu contar a história de uma mulher que estou com ela como minha amante atualmente, vou dizer que o nome dela é Fábia, bom vamos é a história que é um pouco longa.

Aguentando dois machos de uma vez

Depois do ótimo feedback do último conto, inspirada resolvi compartilhar mais uma de minhas aventuras eróticas com meus queridos leitores. Como vocês devem ter percebido, sempre tive o maior tesão de sexo com mais de um homem. Desde a adolescência, tinha fantasias de ser deflorada por vários ‘machos’ ao mesmo tempo.

Meu Primo Não Me Queria

Tenho 24 anos e vou contar uma historia que aconteceu a 8 anos atras, me chamo Mariana tenho 1,65 de altura bunda media redondinha e peito pequeno, na época tinha 18 aninhos, uma ninfetinha deliciosa rsrs. Eu tenho um primo delicioso que na época tinha 22 anos, ele e bem mais alto que eu, tem tipo uns 1,85 por ai, ele tem um corpo gostoso não muito sarado mais que e uma delicia, ele tem aquele estilo nerdao, parecia nunca ter pegado uma mulher. Eu sempre ia dormir na casa do meu tio por isso eu sempre via meu primo, e eu sempre mostrava que eu estava afim dele, alem disso andava com roupas provocativas, quando nos ficávamos sozinhos eu usava só calcinha e sutiã, mas ele não mostrava querer

Cadela feliz de DOM GRISALHO – parte II

Devo dizer que desde criança me imaginava como escrava de alguém, servindo, sendo usada, abusada, humilhada, exibida, emprestada, punida. Muitas coisas se passavam na minha mente, mas não tinha a menor noção do que era. Cresci tendo essas visões e na adolescência comecei a me masturbar pensando nisso, sem ainda saber que existia o BDSM.

Gay dando bem gostoso no Carnaval

Sou bem másculo, 25 anos, o que vou contar aconteceu a cinco anos. Estava próximo do carnaval e estava com meus dois amigos de infância vendo tv e vimos um bloco de carnaval de homens vestidos de mulher. Achamos muito engraçado e combinamos de nos vestirmos assim no carnaval . Todos somos homens e sempre saímos juntos para pegar gatinhas, ninguém nunca pensou em transar com homem.

Virei a putinha do meu primo

Eu tinha lá pros meus 13 anos, era bem bonitinho, uma bundinha arrebitada mas eu não mostrava traços de ser afeminado tirando o fato de eu chupar o pau do meu primo e ele me fuder sempre que ia passar um tempo na casa do meus avós, eu levava uma vida normal. A casa dos meus avós fica muito longe da escola, sempre que meu primo estava, ele me dava carona e ia me buscar em seu carro, ele já tinha 19 anos havia ganhado o carro do pai quando fez 17. Certa vez estávamos em época de prova eu estudava de manhã e como era só fazer a prova e ir embora, pedi pro meu primo ir me buscar mais cedo, quando acabei o que tinha de fazer fiquei esperando ele na praça perto do Colégio, já que não aceitavam que veículos além dos transportes escolares ficassem na frente da escola, vi seu carro chegando, era um modelo novo pra época, entrei e ele seguiu viagem pra casa, de repente ele tira o pau pra fora

Meu vizinho favorito!

Sou uma pessoa divertida, animada, e conheci no trabalho um homem que parecia ser meu oposto. Um dia, estava saindo para ir à praia, e descobri que aquele homem do trabalho, tão atraente, era meu vizinho. Como ambos estávamos sozinhos, começamos a conversar, e de repente, nos vimos na praia, ainda de papo.