incestobrasil

Não resisti ao meu vizinho bem dotado

Moro aqui em Contagem/MG, eu tinha 38 anos de idade, e quando estou em casa muitas vezes eu vou até o portão para ver o movimento da rua só vestida com ousados shorts jeans e ainda, mini topes que mal cobriam os meus seios e tamancos nos pés. Eu percebia que tanto o vizinho da direita como o da esquerda que se chamava Hugo, ficavam me cobiçando e eu adorava e por isso, ousava mais nas minhas vestimentas a ponto, de ficar sabendo que as moradoras da rua, mais velhas, me detestavam e me chamavam de puta oferecida, eu nem dava bola porque elas não sabiam como era gostoso ser e viver o papel de puta.

O gaúcho me fodeu gostoso

Eu conheci o gaúcho no face, agente sempre conversava e com o tempo fomos trocando fotos, e foi seguindo com fotos nuas, eu de calcinha e soutien, mostrava meu cuzinho e meus peitinhos durinhos, eu tomo anticoncepcional, hormônio feminino pra ficar com tetas e minha bunda grandinha.

Dando a buceta para o montador de móveis

Ola! meu nome é rafaela, tenho 20 anos, sou morena clara, 1,71m, 63 kg. cabelos pretos e longos, seios médios, bumbum grande e uma xaninha que todos adoram. o que vou contar pra vcs aconteceu a dois dias atras. era bem cedo quando a campainha tocou e uma voz grossa do outro lado se anunciou como o montador, abri o portão e pedi pra que entrasse. fiquei o esperando na sala, eu estava vestindo uma camisola e um robe, ele bateu na porta e em seguida abriu, ele era moreno claro, uns 1,90, forte, mais ou menos uns 50 anos, cabelos castanhos ja com um tanto de fios brancos, muito bonito. pedi para me acompanhar e o levei ate a cosinha pra lhe mostrar onde estavam as caixas e onde era pra ser montado o armario. perguntei se não tinha um ajudante e ele me disse que o cara furou com ele mas nao teria problema pois ele conseguia montar sozinho. fui pro meu quarto e comecei a maliciar com aquele homem que era uma delicia, então resolvi me exibir pra me divertir um pouco. tirei a calcinha, coloquei um vestidinho branco sem alças e bem curtinho, por ser de malha sobe enquando eu ando, arrumei meus cabelos e passei um batom claro, só pra dar um brilho nos labios. fui ate a cozinha e ele estava já havia começado, disse que iria fazer um café e fui rebolando em direção a pia, coloquei a agua pra ferver, lavei a garrafa e pelo reflexo da geladeira vi que ele nao tirava os olhos de mim, nessa hora o vestido ja tinha subido um pouco e ja estava mostrando o começo do meu bumbum, entao resolvi deixar algo cair pra mostrar minha xana pra ele, peguei a caixa e coador e derrubei, virei a bunda na direção dele afasteia as pernas e sem flexionar os joelhos me abaixei, na hora ouvi um barulho de algo caindo, me levante e virei e vi que ele havia deixado uma ferramenta cair. continuei a fazer o cafe e levei uma xicara pra ele, sentei de frente pra ele e comecei a puxar assunto, olhei pra calça dele e pelo volume vi que estava com o pau duro, entao abri um pouco as pernas e continuei conversando, ele nao tirava os olhos da minha buceta, e eu ja estava toda molhada, o que era pra ser só uma brincadeira estava me dando muita vontade de dar pra aquele homem, entao resolvi oferecer minha ajuda pra ele e logo aceitou. me pediu pra segurar uma das parte pra ele parafusar na parede, me virei e dei uma leve abaixada no vestido para que quando eu levantasse meus braços pra segurar o armario um dos bicos meus seios ficassem a mostra. e deu certinho mas ele veio por tras e se encostou em mim, senti o volume daquele pau e me mexi pra mostrar que percebi, ele estava com a respiração ofegante e me pediu para subir na cadeira pois nao estava dando altura. continuei segurando o armario enquanto ele pegava a cadeira pra mim, ele colocou a cadeira na minha frente e quando olhou pra mim viu o meu seio, como sempre fingi que nada estava acontecendo, ele se posicionou de frente pra mim e segurou o armario pra eu subir, me curvei um pouco na hora de subir pro meu vestido subir mais um pouco e subi na cadeira passando meus seios pertinho do rosto dele e peguei o armario, depois de subir na cadeira o vestido deixou o resto do meu seio escapar e com certeza a parte de baixo ja estava na altura da minha cintura, mas eu nao podia olhar pois ele iria ver que eu sabia o que estava acontecendo. ele voltou pra tras, se encostou bem em mim e enquanto parafusava o armario me me fazia elogios, logo que se afastou de mim senti uma respiração no meu bumbum, na hora estremeci toda e me desequilibrei, ele me segurou pela cintura e me colocou no chao, nossos corpos estava colados e nessas horas meu vestido ja estava enrolado na minha barriga. ele me olhou no olhos e disse que não estava mais aguentando, me pegou no colo, me colocou em cima da mesa, começou a me beijar e mordicar o pescoço, foi descendo pros meus seios, ele sugava com muita vontade, colocava o que pudesse dos meus seios na boca, e logo continuou a descer pela minha barriga ate que chegou na minha xaninha. ninguem nunca me chupou tão gostoso como aquele homem, ele envolvia meu grelo com os labios e fazia movimentos circulares com a lingua, mordiscava, enfiava a lingua na minha grutinha e no meu cuzinho, me fez gozar varias vezes. me levantei e tirei a roupa dele, ele devia ter uns 23 cm de pau, não muito grosso, mas uma cabeça grande e vermelhinha, fiz a melhor chupeta da minha vida, nunca tinha visto um pau tão bonito como aquele, depois de uns 10 minutos, com o pau dele todo atolado na minha garganta, senti uma contração e ele anunciou o gozo, que delicia aquele caldo quantinho escorrendo na minha garganta. ele me colocou na mesa de novo e me beijou, explorava a minha boca toda com a lingua, e logo senti o pau dele duro forçando a entrada da minha xaninha, ele foi devagarzinho ate que alcançou o fundo da minha xaninha, o pau dele era tao grande que deve ter ficado uns 5 cm pra fora, rebolei bastante pra minha xaninha acostumar e ele começou a bombar forte, logo o pau ja entrava todo em mim e sentia as bolas batendo no meu cuzinho, perdi a conta de quantas vezes gozei. ele me pediu pra ficar de costas por que queria me fuder puxando os meus cabelos, obedeci na hora e ele voltou a me fuder, me chamava de cachorra gostosa, putinha, vagabunda, entre outras coisas e isso me deixava cada vez com mais tesão, ele batia no meu bumbum e mordia minhas costas. depois de algum tempo pedi pra ele comer meu cuzinho, ele se sentou em uma cadeira e fiquei de frente pra ele, posicionei o pau e sentei devagar ate entrar tudo, fiquei um pouco parada por causa da dor e comecei a rebolar, me acostumei com aquele pau imenso no meu rabo e comecei a descer e subir, enquanto isso ele chupava meus seios, me beijava, me batia na cara, e com uma das mãos massagiava me clitoris, anunciei meu gozo e acho que com as minhas contraçoes ele gozou comigo. depois da ultima gozada perdi minhas forças e fiquei ali no colo dele, enquanto ele acariciava as minhas costas e beijava meu pescoço, ficamos um pouco ali e fomos tomar banho. no primeiro momento ele me tratou feito uma puta mas agora me tratava com muito carinho, lavou meus cabelos, me ensaboou, enquanto me enchia de beijos, logo seu penis deu sinal novamente, ele me pegou no colo com as pernas abertas me encostou na parede e trasamos por uns 30 minutos. terminamos o banho, me levou pra minha cama e foi terminar de montar o armario, quando terminou foi ao meu quarto pra se despedir mas pedi pra se deitar um pouco comigo. ele tirou a calça, se deitou e depois de mais uma transa dormimos um pouco, no começo da tarde disse que tinha que ir pois tinha algumas montagens a fazer. o levei ate a porta, trocamos telefone, ele me disse que adorou transar comigo, disse que me queria outras varias vezes e confessou que tambem é casado, nos despedimos com um beijo e entrei. ele me ligou no fim do dia e hoje de manha disse que esta morrendo de saudades e vem me visitar o mais rapido possivel, estou ansiosa pra ter aquela delicia novamente. espero que tenham gostado, bjs!

Virei uma puta

Eu sou uma mulher de 42 anos, divorciada, loira, baixa, meio gordinha, com uma bunda grande e peitos médios, moro com meu filho de 13 anos e todo final de semana ele vai para a casa do pai.

19 eu ela 36

Me chamo “R” e tenho 19 anos e minha mulher chama “M” e tem 36 sou loiro olhos verdes claros sou magro minha mulher é loira olhos castanhos escuros corpo muito lindo pois ela frequenta a academia tem umas pernas grossas bunda empinada toda gostosa tenho várias histórias para contar mais irei contar a mais recente eu estou de férias e estou passando as férias em uma cidade vizinha mais todos os dias converso com ela por mensagem e ligação e sempre tem as mensagens picantes a minha vontade de fuder é muito grande e a dela tbm as vezes durante a noite nós ligamos via vídeo chamada para eu fazer ela gozar gostoso pra mim ver ela se masturbando com a pica de borracha que comprei pra ela fazer justamente isso e quando ela terminava de gozar bem gostoso pra mim ver minha gostosa ficava olhando eu batendo

Amigo Urso de Pelúcia…

Oi, galera! Esse é o primeiro conto que eu escrevo. E é totalmente baseado em um dilema que eu vivo. Eu me chamo Igor, sou baixinho (tenho 1,60m), tipo físico normal (nem gordo e nem magro), cabelos pretos, coxas grossas e uma bundinha que meus amigos sempre elogiaram por ser saliente. Não sou gay assumido. Talvez por isso boa parte dos meus amigos seja de héteros. Me relaciono bem com todo mundo, mas meus amigos héteros me respeitam e gostam de mim pelo que eu sou. Na minha cidade, muito se suspeita se sou gay ou só sou “atrasado”. Não dou pinta de que sou gay. Mas, eu sei que eu gosto de meninos. Enfim…

Amiga loirinha

Conheci ela através do badoo ela de outra cidade veio ao meu encontro, nos encontramos e fomos a um posto de gasolina conversar. Conversamos no carro dela e logo começamos a nos beijar e logo nossas mãos acariciavam um ao outro. Ela agarrou no meu pau e eu fui a loucura falei vamos pro motel. Chegando lá pagamos um pernoite e aos beijos e carícias começamos nossa noite prazerosa. Ela com 1.60 cm gordinha com uma bunda bem avantajada deitou na cama e eu comecei a chupar sua bucetinha que estava mega molhada. Ela se estremecia toda em seguida ela pediu para mamar meu pau e fizemos um 69 gostoso, comecei fudendo ela d4 esticava forte e ela gemia e gozava a todo momento depois fomos

Sendo Corno em uma Viagem para Fortaleza

Olá pessoal do contos eroticos tudo bem? Somos um casal liberal, casados há 27 anos e há 20 anos com um relacionamento liberal.

Dando banho na minha filha

Bom dia, o que aconteceu comigo nesse fim de semana, foi algo que eu nunca imaginei acontecer comigo, acabei até procurando sobre incesto depois do acontecido e preciso desabafar.. Eu tenho uma filha que irei chamar de Joana, ela vai fazer 18 anos em junho, eu tenho 36. Bom, eu moro sozinho e uma ou duas vezes por mês, minha filha passa o fim de semana comigo, no sábado fomos à uma festa e ela acabou bebendo, nunca havia bebido (pelo menos que eu saiba) e acabou passando do limite. Chegamos em casa e ela estava passando mal, falei para ela tomar um banho, ela disse que não precisava, eu insisti e fui abrir o chuveiro na água gelada pra ver se ela melhorava, sai do banheiro e falei pra ela ir, ela não estava aguentando ficar em pé. Eu pedi pra ela tirar a roupa e ficar apenas de roupa íntima, assim ela fez, eu já havia me trocado e estava apenas de bermuda (cueca samba-canção na verdade).

Traí meu namorado com o negão do onibus e 5 amigos dele, melhor foda da minha vida

Meu nome é Amanda, mas meus amigos me chamam de Mandy. Eu tenho 19 anos, faço Medicina e por onde passo atraído a atenção dos meninos. Tenho cabelos longos, pretos e lisos, pele bronzeada, olhos azuis penetrantes, nariz fininho e lábios carnudos. Sou meio baixinha, mas tenho coxas bem grossas e durinhas, rabinho durinho, grandão e empinadinho, e seios gigantes. Tenho a cintura fininha, e meu hábito de ir a praia me garantiu marquinhas de biquíni. Fio dental, porque sou safada mesmo, e meus seios geralmente ficam de fora quando estou em casa. Minha bocetinha condiz um pouco mais com a minha estatura, porque é pequenininha e apertadinha.

Comi minha cunhada

Olá. Me chamo juka

Meu chefe virou putinha

Me chamo Paulo, e vou tentar contar com os detalhes a minha melhor transa.

Esposa gosta de se exibir

No meu último conto falei que estava lendo uns contos eróticos , minha esposa pegou meu telefone começou a ler , depois que leu me chamou atenção mandando eu ler uma Bíblia , de uns tempos pra cá reparei que ela está indo estender roupas só de shortinho de dormir , e só vai para o terraço a noite , uma vez ela não estava em casa eu fui para o terraço, acendi a luz e quando acendi vi que meu vizinho correu para observar do quarto dele, e logo me veio na mente que ele estava observando a minha esposa , quando ele me viu ficou meio sem graça falou comigo e saiu , no outro dia quando minha

Tia safada me seduzindo na viajem

Bom meu nome é Pedro Luís quando ocorreu tudo tinha meus 18 anos, iríamos fazer uma viajem em família, seria um feriadão, e iríamos aproveitar, Meus avós, eu, minha mãe e minha tia iríamos em um carro e meu pai iria depois já que o feriado era na quinta e ele iria trabalhar na sexta, só minha mãe que iria folgar, então estava tudo certo pra irmos na quinta, quando pediram pra minha mãe ir trabalhar na sexta, então ela ficou pra ir com meu pai depois, e eu fui com minha tia e meus avós.

Dando para o professor novato

Oi!, Meu nome é Júlia, tenho 18 anos e estudo em uma escola privada no Paraná, sou do tipo de menina que conversa com todo mundo na sala de aula, que curte sair, ir pra balada, pros role, amo curtir, mas estudo em uma escola integral passo o dia na escola. Eu tinha uma professora de português, que era muito ruim, explicava mal, vivia atrasada, e eu não gostava dela, então eu e meus colegas fizemos um baixa assinado para pressionar a direção a trocar de professor, a direção cedeu e contratou um novo professor, o nome dele era André (não é esse o verdadeiro nome dele), ele era um moreno de olhos claro, de corpo porte atlético que gostava de malhar, e jogar futebol e com 3 anos de casamento. Ele chegou no primeiro dia

Seu segredo é o nosso segredo

Me inscrevi no aplicativo Your secret is our secret, o YSOS. Só de entrar ali o tesão, os fetiches, as fantasias já começam a brotar na mente da safada que sou. Bissexual, interessada em orgia, ménage e sexo grupal, procuro por tudo. A maioria é de homens. Como a ideia é que as pessoas se encontrem para foder, o corpo importa. O prazer de colocar as fotos, pensada para despertar o tesão de quem pede para ver suas fotos privadas já deixaram minha buceta quente, escorrendo de tanto tesão. Ver todas aquelas picas duras deixaram meus mamilos palpitando. Cada curtida a buceta ficava mais molhada, cada mensagem o tesão crescia, o jogo de liberar e pedir para liberarem suas fotos e imaginar o pau duro da foto

Sexo no Cinema

Bom… Essa história aconteceu cmg a algum tempo atrás… Eu é minha namorada fomos ao cinema, e foi onde aconteceu uma das melhores transas da minha vida.

Fui encoxada com meu marido do nosso lado

Bom, me chamo Carol e sou casada ha 7 anos com meu marido Kaique. Esses dias fomos de metro para uma festa e era hora de pico no transporte. Eu sou ruiva, tenho 1,70 de altura e uma bunda grande. Nesse dia eu estava de calça de moletom cinza e um top preto. E vi que antes de entrarmos no trem havia um rapaz , aparentando uns 23 anos, tinha barba, olhos castanhos (bem gatinho até) e estava com uma camisa social tampando a frente de sua calça, depois vi o porque… estava com o pinto pra fora, só coberto com a camisa! Ele ficava olhando pra minha bunda e se tocando… Nós entramos, meu marido segurou nos ferros e eu me apoiei nele.

Transei com minha tia gostosa e muito fogosa

Eu sou o sobrinho mais novo de um completo de 7,com 3 homens e 3 meninas…minha tia Claudia é freira mais nova do meu agente,eles são um completo de 7 irmãos similarmente.

Transei com a funcionária safada

Tenho 24 anos, branco, 177 magro cabelos pretos.

Sendo iniciado pelo casal

Olá me chamo Wagner Sou moreno claro 1,68 64 kg e 21 anos e sempre curte homens confesso que lembro várias revistas comecei a me interessar por casais um certo dia estava tomando um chopp no quiosque na praia onde frequenta e reparei que na outra mesa dois caras e meia idade olhavam para mim sem parar no início fiquei um pouco tímido mas depois comecei a notar que aqueles dois curtiram algo a mais comecei a dar bola para aquela situação a cada ida no banheiro não tava que eles não vão não tirava os olhos de mim até aqui o garçom veio até a minha mesa e disse que as duas cervejas que eu havia bebido estavam pagas fiquei

A companheira de serviço casada e safada

Meu nome é Rafael e essa historia aconteceu há dois dias. Trabalho na prefeitura da minha cidade e o departamento que eu trabalho fica em um bairro separado da prefeitura e nesse dia, estávamos somente eu e a faxineira do meu departamento. Me descrevendo, sou moreno claro, 26 anos, 182 cm de altura, 79 kg, corpo sarado, pois malho e um pouco dotado, 19 cm. A faxineira, na qual chamarei de Eliana, já é casada, tem cerca de 51 anos, moreno, cabelos castanhos, um belo par de peitos e uma bundinha até que empinada, sempre fui gamado nela e nesse dia resolvi tentar algo a mais. Como estávamos só nós dois nesse dia e meu serviço já estava bem adiantado, resolvi ajudá-la na faxina. Até ai tudo bem, até que ela resolveu limpar em cima do armário e para isso tinha que subir na cadeira e assim foi. Devido o calor, ela usava uma blusa

Viciado em mulheres maduras

Olá, me chamo Silva, tenho 35 anos, 80 kg, corpo normal, sou de São luis- Ma

Seduzindo meu vizinho novinho

Faz cerca de 6 meses que me mudei pro prédio novo. Finalmente estou morando sozinha. Pra uma travesti como eu, conseguir finalmente ter o seu próprio espaço é uma grande vitória. Mas vamos ao que aconteceu comigo esta semana.

Fui passivo de 16 num Gangbang

Me Chamo Felipe, tenho 33 anos, 1.72m, 73kg, malhado, barba por fazer, jeito de homem e o plus, sou extremamente submisso. Minha realização e tesão está em satisfazer ativos safados e sacanas que metem sem dó, piedade e de forma bem sacana.