fotos de gang bang

Quando violaram meu cuzinho dentro de casa

Então, meu nome é Luciane, tenho 34 anos e resido em Viamão. Sou puta por gosto e diarista por profissão. Gosto muito de mamar num pau ou numa buceta, faço isso desde pequena. Morena meio mulata, 1,60, seios de tamanho médio, xana raspadinha e bastante poposuda. Este é o meu conto de apresentação. Vou contar sobre a vez que entraram na minha casa e violaram o meu cu. Isso foi a 4 anos atrás, quando o pai de uma das minhas filhas, que nunca nos ajudou, veio buscar abrigo em minha casa, com outros dois homens. Relutei em ajudar por que além de ele nunca ter me ajudado e ter me deixado sozinha e grávida, achei que eles estavam até fugindo da polícia. Ele falou: olha só Lu: têm três paus pra você chupar e a gente não incomoda mais. Então eu tive que aceitar. Comera minha comida, tomaram banho. Estavam sempre inquietos ou desconfiados com alguma coisa. Não paravam de olhar para mim até que o meu ex disse: não fiquem só olhando pra essa bunda não… podem atacar! Então, sem mais nenhuma cerimônia, vieram em minha direção e enquanto um deles pegava nos meus cabelos o outro tirava a minha roupa. Graças a Deus as minhas meninas estavam em sono profundo, eram minha única preocupação naquele momento. O que segurava nos meus cabelos botou aquela coisa pra fora e eu logo comecei a chupar. O que tirava a minha roupa começou a dar tapinhas na minha bunda e a falar aqueles nomes feios nos meus ouvidos. Dizia assim: que rabão maravilhoso vc tem. Não poderia acontecer outra coisa, ele penetrou no meu cu. Estava tensa, mas levando um pau na boca e outro no cu estava gostando e ficando cada vez mais molhada. Então o meu ex falou para o que comia o meu rabinho: agora dá licença que a vez é minha! Alguns anos haviam se passado desde nossa última transa e eu havia me esquecido do quanto era grande o pau dele! Enquanto ele penetrava o meu cu eu mamava nos outros dois e já havia esquecido completamente a tensão do momento passado, e eles também. Encostei os meus dedos e comecei a me esfregar; estava adorando aquele pau atolado no meu rabinho. E aqueles dois que eu nunca vi na vida fodiam sem parar a minha boca. Então chegou a vez do último, que era um homem enorme e que em cima de mim ficou pouco tempo por que o celular do me ex tocou. Enquanto ele atendia nós três continuávamos na putaria. Compreendi que eles deveriam sair. Então ele olhou para todo mundo e disse: vamos logo gozar na cara dessa vadia! Então tive que cumprir minha função de cachorra: ajoelhei com a boca aberta e a língua pra fora. O meu ex foi o primeiro a gozar bem dentro da minha boca. Os outros dois logo em seguida. Logo depois saíram meio apressados, mas um deles, aquele maior de todos retornou e me ameaçou dizendo : agora engole tudinho e não conte nada para ninguém! e também saiu… Não precisava ele me ameaçar, mas continuo sem saber o que aqueles haviam aprontando naquele dia além fazer sexo anal na ex-mulher de um deles. e-mail é [email protected] putaria e sacanagem a toda hora que eu gosto. E quem quiser ajudar a mim e minhas filhas é só depositar qualquer quantia para uma conta poupança do Banco do Brasil número 986-5 da agência 5745-2 variação 51 porque estamos sempre precisando. Bjos! nos paus e nas bucetinhas tb!

Nosso primeiro beijo triplo

Confesso que apesar de 7 anos com Cláudio e das diversas alegrias que ele me proporciona diariamente, ele ainda tem a incrível capacidade de me surpreender e tornar tudo ainda mais gostoso, quando penso que não podemos nos superar em nossas putarias, lá vem Claudio e prova que só estamos começando essa jornada do prazer.

Sara minha devassa predileta

Tudo aconteceu quando eu estava viajando a trabalho.

Gay dando bem gostoso no Carnaval

Sou bem másculo, 25 anos, o que vou contar aconteceu a cinco anos. Estava próximo do carnaval e estava com meus dois amigos de infância vendo tv e vimos um bloco de carnaval de homens vestidos de mulher. Achamos muito engraçado e combinamos de nos vestirmos assim no carnaval . Todos somos homens e sempre saímos juntos para pegar gatinhas, ninguém nunca pensou em transar com homem.

A loirinha safada do Atacadão

Quando ela me manda mensagem as 23:00, pode esperar que tem muito tesão envolvido. – “Oiii, tudo bem?”. Ela é casada, tem 2 filhos, e o relacionamento está morno, são iniciantes no mundo liberal. A safada me conheceu no supermercado, me viu a olhando (e babando) para ela. Me aproximei e a cumprimentei, olhando um produto qualquer. Ela retribuiu, com um sorriso e um olhar que conhecia bem… Peguei seu número de celular e logo enviei uma mensagem, perguntando se ela queria tomar um café. Logo disse que era casada e que não podia, pois tinha que ir para casa.

Colega do Serviço

Olá meu nome é Adriano sou Louro um pouco fora de forma mas bem safado, o que vou contar com aconteceu de verdade no mês de janeiro de 2019 não é fantasia como vejo muito aqui então vamos lá.

A esposa safadinha

Este meu conto real, desde que casei percebi que minha esposa tinha vontade de ficar com outro homem e, pois ela casou virgem e tinha vontade de ir ter outras experiências e aquilo me excitava até que um dia ela conheceu um rapaz pela internet e eles ficaram trocando nudes e ela desejava muito devido seu pênis grande e ela ficava muito excitada e ela me contava tudo até que um dia DVD eu trabalhar de horário e eu  não está com ela as noites e ela sozinha à noite encontrou com ele só para se conhecer em nossa própria casa e depois de alguns dias ele se encontrava de novo então transaram e tiveram sua experiência e transando loucamente das 23:30 até as 3 horas da manhã e se passaram muitos meses e ela

Humilhada pela empregada

Olá, meu nome é Amanda, e vou contar algo que me aconteceu e que continua até hoje e é meu desespero.

A primeira dupla penetração da minha esposa

Meu nome é Bruno, sou casado com Bruna nomes fictícios, o que vou alegar agora é como eu e Bruna, um casal apontado “comum” pra agremiação fomos acabar no meio aberto, acabando em uma dp de Bruna que no início era bem tímida. Uma vez que bem, eu constantemente fui um tanto mais safado, olhava sites pornográficos e comecei a analisar que casais compartilham suas fotos íntimas para verem os comentários. Comecei a levar fotos sensuais de Bruna dentro do nosso quarto e mostrar a ela que começou a acomodar-se com! mais pedia pra abater em seguida, o que de fato fazia, porém certamente dia resolvi mandar à um site sem ela entender escondendo o anverso é claro,choveu de comentários falando que ela é gostosa, atraente e mais mais pesados,

Gemi tanto que acordei todos do hotel

Aquela foda enlouquecedora foi apenas a primeira (sugiro ler antes o conto anterior “Meu macho veio de longe me comer”). Tivemos um dia delicioso, que envolveu muito sexo, como não poderia deixar de ser, mas também muito carinho e divertimento. Passeamos pela cidade, mostrei a ele os principais pontos turísticos e voltamos cedo para casa. Teoricamente, deveríamos dormir cedo para madrugar no dia seguinte e pegar estrada.

Consulta no ginecologista

Sou loira, baixinha, roliça e tenho 60 anos. Estou bronzeada de sol devido às férias e um corpo bem conservado devido a dietas e malhação.

Dando uma rapidinha com o travesti roluda

Sempre fui “macho”, nunca tive esses desejos doidos por homem e nem por traveco. Um dia resolvi fazer uma exceção, aconteceu quando fui curtir o aniversário de um amigo meu numa boate badalada aqui na cidade, que sempre está lotada de gente bonita e nesse dia não foi diferente.

Minha esposa e sua Amiga Bucetuda

Me Chamo Claudio (nome fictício), tenho 33 anos, 1,85 de altura, branco olhos castanhos escuros, sou casado e quem já leu nossos contos, sabe como nosso casamento é levado, cheio de aventuras e brincadeiras perigosas que faz nosso relacionamento cada dia mais gostoso.

Primeira transa com mulher

Sempre tive esse desejo de saber como era transar com uma mulher sabe? Aquela curiosidade de saber como é, se é bom, se por não envolver um pau delicioso eu gostaria assim mesmo.

Tio Fodendo com a Minha Esposa

Todo homem é doido pra fuder com a esposa de outro as vezes vc está ali louco pra comer a esposa de outro mas na verdade o outro está doido pra fuder sua esposa , eu sou o Hélio tenho 32 anos casado com a Ângela de 27 anos muito gostosa, claro que como todos os homens por mais machões que são eu transava com ela e naquele momento de tesão eu imaginava outro homem trepando com ela e eu olhando , isso sempre acontece com todos os homens ,mas o difícil é assumir , pois é tabu e vergonhoso , mas eu sempre imaginava outro cara fudendo minha esposa e o tesão era grande então eu gozava muito mais , mas esta ideia um dia passei pra ela ela odiou , mas deixei pra lá e certo dia ela me disse pensando na sua idéia eu estou sentindo um tesão enorme por uma pessoa , fiquei curioso e ela me disse pelo meu tio Flavio , este tio dela é casado e a esposa dele é um coroa muito gostosa o Flávio tem 50 anos , eu claro que me animei pois ele está sempre na minha casa , então combinamos para seduzir ele , quando ele chegava ela colocava decotes , shortinhos , sainhas ele é safado , mas sempre respeitou , mas começou a dar umas cantadinhas de leve , ela foi envolvendo ele , ele passou a ir constantemente na minha

Comendo a dentista japonesa

Olá, pra quem não me conhece sou andy 25 anos , negro, 1,86m, 80kg, cabelos e olhos castanhos e um dote de 24cm leiam minhas outras histórias vocês vão gostar.

Pecados de Pai e Filha

Dario está tão estressado que acha que a única maneira de relaxar seria pelo ato sexual. Aí que está o problema. Ele concedeu o divórcio há três meses, mas durante quase um ano sua esposa o evitava.

Comi uma coroa de Londrina

Olá vou relatar aqui o que me aconteceu comigo hoje de manha 12/10/18 Dia das crianças .

A melhor Coroa de todas!

Antes de mais nada, o conto é real. Aconteceu em 2017.

Sobrinha tesuda da minha esposa me deixou doido

Sou Peter, tenho 29 anos (Bronzeado evidente, cabelo alisado baio escuro, 1,76m de altura, peso médio 80 kg, Casado). Minha mulher é uma atraente mulher, baixa altura, cabelos longos os quais ela vive colorindo pra não cair na cotidiano, possui seios médios, uma assento linda e é bastante fogosa, chamo ela de Sany (nome Aparente).

Traí meu marido e minha colega de trabalho

Sou casada ha 17 anos e tenho 32 de idade.Sempre traí meu marido desde os dois anos de casados.Uma de minhas aventuras foi quando trabalhava em um supermercado de uma rede bem conceituada.Leandro era meu supervisor e namorado de minha colega de trabalho Débora, a quem ele se referia como uma garota cheia de regras para o sexo. Eu sempre fui provocante, gosto de fazer com que os homens se sintam tarados por mim e sendo assim sempre falei com ele de uma forma mais abusadinha,fazia o jeito safada e comportada ao mesmo tempo e nestas eu contava coisinhas que gostava de fazer e ele dizia que ficava louco de tesão com minhas historias.Certa vez tinhamos que inventariar a loja e naquele dia foram escolhido dois para a loja e dois para estoques e Leandro me selecionou para fazermos o estoque eu e ele, em supermercados não há um controle tão intenso de funcionaris como se pensa, fomos ao estoque e começamos nosso trabalho, eu já excitada com aquele momento sozinha e comecei com minhas armadilhas, passava esfregando propositalmente, falava coisinhas e enfim ele veio por trás e meteu a mão em minha buceta por cima das calças e depois foi abrindo e massageando meu grelo, eu já estava encharcadinha, comecei a beijá-lo intensamente enquanto segurava seu pau que por sinal era um tanto grosso e grande, trancamos a porta e comecei a chupar aquele cacete gostoso então já sem roupas ele começou a me chupar,tinha que segurar para não gritar de tanto tesão, então me botou de quatro e me enfiou aquele pau gostoso na buceta num vai e vem tão forte e rápido que gozei,continuou me fodendo então pedi a ele que me desse aquele pau em minha boca para eu chupar mais, chupei até ele quase gozar então montei nele e rebolava como luca enquanto ele chupava meus peitos e estimulava meu cu com o dedo, eu já estva louca par dar o rabo e pedi nos ouvidos dele: __Le, vem me fode o cu, vem __Você quer minha gostosa?Deixaria eu te foder assim? __Vem logo, que tesão entra em meu rabo vai. E então ele entrou maravilhosamente em meu rabo, cheguei a gozar varias vezes enquanto ele comia meu cu, me chamando de vadia gostosa, minha cadela e eu ia ao delírio ouvindo isto, me comeu muito de quatro o que adoro por demais,gozou em meus peitos, na minha boca e em todo o resto.Ficamos muito felizes com o acontecido eu porque adoro trair o marido e ele porque estava cansado de ter o feijão e arroz. tranzamos mais algumas vezes em outros locais até que eu me envolvesse com outro.Foi uma aventura muito boa.Me excita somente por lembrar. Espero que gostem,volto com outras das minhas escapadas.

A dentista insaciavel

Ola, sou um homem casado, tenho 27 anos, 1,95m, 90kg, moreno claro, este relato aconteceu de fato no começo desse ano (2006). QUando eu e minha mulher fomos a uma dentista na cidade que moramos, Uberlandia, MG, como não conheciamos nenhum profissional dessa area, fomos logo na primeira que achei na lista. Chegamos para consultar juntos, entramos e conhecemos a Dra. Paula, aparentemente muito seria, até pegar na minha mão e sentir o meu calor. Naquele dia tudo foi tranquilo, conversamos sobre o que seria o trabalho dela e marcamos as consultas para a proxima semana. Como minha mulher estuda a tarde nossas consultas não foram no mesmo

Visitando o estúdio porno perto da escola

Eu sou Ricardo Patrício e minha escola ficou conhecida na cidade pelo relacionamento proibido entre um professor e uma aluna que terminou em tragedia anos mais tarde. Eu moro no interior de Minas Gerais, cidade que tiveram varios casos de relações sexuais misteriosos envolvendo adolescentes da minha idade. Sempre fui curioso de saber sobre esta história, mas não sabia que ia sentir na pele.

Filho Fodendo meu Cuzinho Guloso

Como eu contei no último conto, depois de me chupar e, me ensinar a chupar uma periquita minha mãe resolveu dar a buceta pra mim…

Estuprado na praia pelo negão

Moro perto de uma praia que é bem deserta, tenho 26 anos, sou moreno, magrinho, 1.70 de altura, sou versátil. Já tinha ido nessa praia algumas vezes, e sabia que tinha uns caras discretos que curtiam. Já tinha transado algumas vezes nessa praia.