estrupando a vizinha

Na boca do casado

Estava indo trabalhar em outra cidade, precisaria ir de trem CPTM até o meu destino. Meu insta é @contos.confessos, tenho 25 anos, branco, 1,73 e adoro uma boca quente no meu pau.

Esposa se exibindo para o garçom do motel

Eu e minha companheira temos uma relação de 13 anos, com muito amor, muita paixão e um enorme tesão de um pelo outro. Sou moreno claro, tenho 1,86 m, nem gordo e nem magro, e 39 anos de idade. Ela é uma bela mulher, de pele branquinha, 1,60 m, seios fartos, coxas grossas, bumbum branquinho em forma de um coração, bastante apetitoso, e 53 anos. A nossa diferença de idade em nada importa e neste tempo que estamos juntos, sinto-me cada vez mais apaixonado e realizado com o meu amor.

Comi a vizinha e sua prima

Como vai rapaziada esse conto aconteceu no começo do ano no dia 18/01/2001.Vou comecar contar nesse dia fui dormir na casa de me amigo que se chama Carlos, ele tem uma irmã muito gostosa o nome dela e priscila(morena de 1,58 de altura, cintura fina, seios pequenos,coxas grossas, e uma bunda redonda)nesse dia eu nao sabia que a prima dela iria dormir la tb o nome da prima dela e Leticia(morena da mesma altura,cintura tb fina, coxas grossas, seios médios,e uma bunda pequena mas redondinha ) esqueci de sitar minha idade e das meninas eu tenho 16 anos a pri tem 14 e a le tem 15.

A Cabeleireira Casada Goza No Salão Pra Mim na Webcam

De tanto escrever contos eróticos aqui neste site de sexo virtual, muitas mulheres entram em contato comigo querendo viver a mesma experiencia que tive e tenho com outras mulheres, sejam elas casadas ou nao, porém, o que todas tem em comum é a mesma coisa, um desejo de entrar neste mundo oculto do sexo virtual.

Sexo com a Diarista Gostosa

Fala, meu nome é Rodrigo, tenho 33 anos e sou agrônomo, sou casado, porém minha mulher trampa em outra município, e apenas vem para casa nos fins de semana, por causa disso semanalmente uma diarista tragada Regina vai em minha casa realizar faxina, ela é bastante caprichosa, e embora de ter 41 anos é muito agradável e brincalhona, e inclusive tendo um filho de 9 anos também possui um belo corpo, com uma assento durinha e peitos pequenos, porém o que mais chama atenção lhe é seu modo safado de abordar e comportar-se, constantemente usando um shortinho limitado e uma blusinha que anteolhos somente os seios, no início ia com a sua mãe, que similarmente é diarista, porém como a mãe arrumou um emprego aferrado, ela passou a ir sozinha, bem, após um tempo ficamos colegas e ele contou que seu companheiro ficou absoluto em razão de toxoplasmose e que por ter um dificuldade de fechamento de uma artéria aparecia sofrendo de dores de cabeça e foi ilícito de realizar força físico, sem quantidade nem sequer inclusive fazer sexo. Estávamos conversando sobre isto em um dia no qual eu não fui trabalhar e ela aparecia lá em casa fazendo faxina, estávamos na cozinha, e ela aparecia com seu shortinho que faz com que ela fique com um barrete de fusca e permite analisar sua calcinha enfiada na sua assento, e enquanto ela me falava que já aparecia há 3 meses sem quantidade fazer sexo me contou que aparecia tendo bastante dificuldade cobiçoso, uma vez que tudo aparecia bastante caro, e as indivíduos estavam começando a acabar de contratá-la para diminuir gastos, eu aparecia apenas de bermudinha em casa, havia abatido de tomar um bom banho e ela virou pra mim e disse, meio que em acento de brincadeira, acho que vou iniciar a realizar programa escondida, uma vez que dessa maneira acabo matando meu atração e resolvendo meu dificuldade de dinheiro, ela disse isto e riu, porém na momento isto me deixou excitado, de análogo maneira que meu pau tirou um volume sob a bermuda, como aparecia ao lado dela eu coloquei a mão em seu alteamento e perguntei se ela tava pensando de fato grave nessa coisa, ela colocou a mão em minha cerca e disse que tinha momento que tinha desejo inclusive, porém o dificuldade é que teria que permitir pra um acervo de gente feia, que os caras que iam desejar ela não iam ser novinhos e bonitos iguais a mim, no momento em que ela disse isto eu segurei a mão dela tomei afoiteza e falei, -você que pensa, olha como que eu fiquei apenas de escutar você falando isto! Por isso coloquei a mão dela sobre meu pau, por cima da bermuda, ela olhou pra mim com cara de assustada e de safada e disse, -nossa Rodrigo, você teria inclusive afoiteza, inclusive com uma mulher bonita aproximado a sua? Porém enquanto ela falava deixou a mão em meu pau, eu por isso tirei ele pra fora da bermuda e coloquei sua mão nele e falei que se ela quisesse, eu comeria ela agora, ela começou a me masturbar em pé, abordado no balcão da cozinha, e disse que não sabia se devia realizar isto, que tinha ciúme e coisas dessa maneira, porém sem acabar de abrandar meu pau, da cabeça até o saco, eu virei ela de costas e encostei meu pau na sua assento e comecei a me arear na sua bundinha, enquanto ela continuava a me punhetar devagarinho, com minha outra mão comecei a acariciar sua boceta por cima da bermuda, ela afastou a bermuda pra que eu enfiasse a mão na sua boceta, e quanto pus meus dedos na sua boceta senti todo aquele melado, ela aparecia louca de desejo de permitir, por isso pus ela sentada na cátedra da alimentação e comecei a arear meu pau na sua cara, passando em seus lábios, ela ficou sentindo o cheiro de meu pau e por isso começou a abocanhá-lo, segurando em meu saco e empurando meu corpo de abalroamento a sua boca, sugou com desejo por alguns minutos, até que não mais agüentei e levei ela a favor sová, arranquei somente seu shorte e sua calcinha e empinei bem aquela bundinha pra mim, acariciei um tanto mais aquela atraente bocetinha e enfiei meu pau lhe com desejo, meu pau deslizou com facilidade, e ela aparecia tão lubrificada que tive dificuldades pra achincalhar, eu ia metendo na sua boceta e batendo na sua assento, e ela gemia e dizia:-isso, mete na mamãe, come a mamãe come seu bom!, Enquanto ela gemia ela rebolava aquela assento gostosa e após uns 15 minutos de um vai e vem frenético acabei gozando na sua bundinha….em seguida disso ela tomou um banho e voltou a realizar o serviço, eu similarmente tomei um banho eu fui a favor computador, no momento em que ela terminou eu paguei o dobre da preço comum da faxina, ela olhou pra mim e agradeceu, e não disse mais nada, pedi que ela passasse a vir duas vezes por semana, já que minha mulher apenas está em casa nos fins de semana, ela agradeceu e disse que ia se empenhar pra eu não me arrepender. E essa foi a primeira vez que eu a fodi, porém a história não acaba aí, esse é somente o início. Espero que tenham gostado.

Meu vizinho Taxista gostoso

Olha a Pâmela aki novamente para lhes contar mais uma prazerosa aventura entre uma e outra das minhas separações como meu marido, estava eu recente da minha segunda separação, agora já mais experiente, aprendi muito na primeira, então, pela separação tive que mudar de apto. Mudei pra um prédio de apartamentos, onde eram apartamento de um lado e de outro com um longo corredor no meio, fui morar no segundo andar do prédio, após uma semana tive a primeira visita da vizinha da frente, querendo um medicamento para o filho dela, por sorte eu tinha e arrumei, aparti daí ficamos amigas, notei que toda manhã passava alguém exalando um perfume forte, porém, muito agradável, cheiroso, certo dia conversava na porta do meu apto. Com Minha amiga quando a pessoa do perfume passou, era um homem muito elegante, trajando

Primeira vez que pego e chupo uma piroca

Oi, é meu primeiro conto, estou reeditando pois depois que postei vi que tinha muito erros.

Foi sem pensar, mas dei para meu patrão

Meu nome é Marcella, tenho 23 anos.. E o que vou relatar aconteceu tem 2 anos.. Trabalho em um escritório de uma empresa de ração. Meu patrão, o Leonardo, “Léo” para nós que trabalhamos é um coroa simpático, porém muito reservado.

Muito Tesão no metrô

Olá tudo bem? vou narrar esse delicioso conto erotico que ocorreu comigo, estava num metrô lotado em São Paulo. Sobre meu vestido preto e curto, senti uma mão pousar levemente na minha bunda e vagarosamente procurar pelos meus contornos. Maldita mania minha de andar sem calcinha… A mão deste cara seguiu diretamente ao meio das minhas nádegas, afundando-se entre elas com certa força e até levantando-me um pouco. Fiquei quieta, sem fazer absolutamente nada a não ser esperar os próximos acontecimentos.

Ganhei um boquete da casada safada

Olá! podem de chamar de Petter, tenho 31 anos sou casado tenho 1,75 de altura peso uns 77 kilos e a protagonista da história podem chamar de Barbara, 32 anos casada 1,60 de altura, branca, cabelos pretos na altura da cintura de olhos castanhos pesando uns 70 quilos, muito atraente principalmente pelo belo sorriso e simpatia, além de ter ums enormes peitos.

Perdi virgindade aos 19 anos

Por incrivel que pareça nunca fui um zé transao nem nada assim, nunca fui… tudo começou quando eu tinha cerca de 17 anos, meu tio tinha casado com uma mulher chamada Viviane( ela era uma morena gostosa, antigamente eu nao achava mt mas dps comecei a achar). Em um dia eu fui visitar os dois na casa deles, estava chovendo e as tehas eram de amianto, o que nao dava para ouvir bem as coisas, como meu tio é da familia da minha vó todo mundo fala berrando, e eu quando entrei gritei os dois e fui entrando n apartamento…. so que meu tio estava na garagem e eu nao sabia… quando eu entrei no quarto eu vi minha tia pelada na minha frente….cara foi a primera vez que eu vi alguem pelada, ela era gostosa demais. Ela tinha o corpo exatamente igual ao da atriz rose monroe, só a cara que parecia da kiara mia…. eu olhei pra ela e

Boquete no amigo de aula

sou morena, casada, cabelos pretos compridos, baixa, seios grandes,…

Filho Fodendo meu Cuzinho Guloso

Como eu contei no último conto, depois de me chupar e, me ensinar a chupar uma periquita minha mãe resolveu dar a buceta pra mim…

O meu sonho de virgem

Lembro como se fosse ontem

Sou a puta safada do meu filho

Sou uma mulher de 56 anos, moro em São Paulo e, como toda mulher da minha idade, tenho meus desejos reprimidos. Sou divorciada e a história que vou montar no início me envergonhava bastante, porém senti que seria preciso acoimar para que eu pudesse acarar melhor minha existência. Meu filho possui 30 anos e mora com a mulher dele a 10 anos, bem afastado de mim. Ele constantemente vem na minha casa para acrescentar os antigos colegas e acompanhar alguns prostíbulos. O caso que vou montar resultou semana antiga, no momento em que ele veio sem companhia para minha casa para ingerir com os velhosa colegas. Ele é um rapaz comum, sem atributos físicos maravilhosos. Eu já tenho meus seiso caídos pela idade, meu abdomén é abrangente e flácido, sou branco e minhas varizes aparecem com facilidade. Não fazia coito a 5 anos, a partir de que meu último aficcionado me deixou. A partir de por isso não tive mais possibilidades, porém constantemente me masturbo com um acabado vibrador. Como constantemente estou sozinha, atadura em várias bobagens. No momento em que meu filho chegou, dei-lhe um forte abraçamento e fiz seu vencer. Ele saiu e acabaou voltando bastante abatido e abespinhado. Perguntei a ele o que resultou e ele disse que nenhum dos seus colegas estavam disponíveis para sair. Perguntei a ele no qual iriam e ele me respondeu: -Pô mãe, nós ia na agitação, e eu tava precisando permitir uma ótima foda pra desestressar! Como ele é um adulto e eu similarmente, não fiquei abalo, uma vez que já aparecia acostumada com as histórias das baladas dele. Naquele hora ele foi para o quarto dele assistir TELEVISÃO, eram 23hs e eu fiquei na dependência pensando em como deveria ser o meu filho num puteiro, o que ele falaria, e… sem desejar… pensei nele transando com uma puta. Neste hora reconheci que senti agradar em julgar naquilo, porém na mesma momento repreendi. Lá pelas 00hs, percebi que seu quarto aparecia com luz apagada e fui lá apenas para analisar se ele aparecia dormindo, na realidade eu queria analisar o corpo dele, por abelhudice. A acesso aparecia trancada e a luz apagada, porém ouvia baixinho uns gemidos. Era ele vendo um filme pornô. Na inclusive momento percebi que ele se levantou e correu para abrir a acesso. Eu fiquei estatalada e sem comportamento no momento em que ele destrancou e perguntou: -Tava na acesso me vigiando, mãe? E Eu disse: -só queria analisar se aparecia dormindo, apenas isto. Não pude deixar de abrigar-se naquele volume da bermuda dele. Ele aparecia sem bata e eu senti agradar. Ele percebeu que eu havia considerado para o bimba dele e, no momento em que eu aparecia me virando para ir a favor meu quarto ele disse: -Estava vendo uns pornôs, já que fiquei na mão inclusive né. Na mesma momento eu voltei e falei: -Posso assistir isto, eu tenho abelhudice. Ele por isso sentou na cama dele e ligou a TELEVISÃO no canal pornô. Eu falava que achava aquela coisa bastante nojento e ele dizia que gostava de coisas sujas as vezes. De acesso, para minha abalo, começou a mudar uma continuação de coito entre uma mulher mais anciã e um amor. Na mesma momento falei: -Que abominação! Ele respondeu: -Vai me dizer que você não adora disso? Eu respondi que acomodar-se com eu gostava, porém já aparecia bastante anciã para aquele forma de coisa. Foi no momento em que ele me surpreendeu e disse: -Você morreria de infarto se transasse com um homem mais jovem? Eu, neste hora, sentir o calor correr meu corpo e me inundei de atração. Perdi a cabeça e respondi: -Claro que não, posso estar anciã porém também dou uma apresentação disso. Ele começou a me olhar com aquele olhar debochado de confusão e falou: -será inclusive, duvido! Eu senti o meu hora e perguntei ao meu filho se o que ocorresse naquelas quatro paredes ele manteria chave, ele respindeu que efetivamente. Tomei a iniciativa e disse: -Tira a alcance que eu vou te mostrar como eu deixo um homem adoidado de atração. Eu aparecia preparada para escutar uma resposta abstenção, porém não era isto que os olhos dele me diziam. Ele se levantou, tirou a calça na minha frente e botou a pica pra fora. Eu aparecia sentada e no inclusive nível da cerca dele. comecei lentamente chupando aquela rola e botando até a garganta, no momento em que ele disse que aparecia aproximadamente gozando. Foi aí que eu chupei mais forte e engoli todo o esperma do meu filho. Falei com ele em seguida: -tá vendo, eu também não perdi a execução, porém mantenha chave disso hein! Ele aceitou prontamente e se despediu de mim dizendo: -Até que você dá um caldo hein! Lá pelas 05hs, eu senti que indivíduo aparecia na minha cama e no momento em que olhei a favor lado, era ele. Naquele escuro do qaurto ninguém soltou uma palavra ao menos, o que se ouvia eram os movimentos dele me colocando de conchinha com violência e, sem camisa-de-vênus, pexando meu anca flácido para adaptar na rola dele. Ele começou o vai e vem forte e eu gemia lentamente. Após 2 minutos ele começou a gemer forte e empurrava com animosidade na minha boceta até que gozou. Eu não havia gozado, uma vez que já tenho 56, por isso disse baixinho: -Você pode vir por cima de mim enquanto eu me masturbo? Ele acitou e colocou aquela pica macio em mim e eu comecei a me dedilhar loucamente até achincalhar. No momento em que gozei, ele recuperou a ereção e começou a abalançar-se forte denovo, apenas que desta vez enquanto ele metia, lambia meus seios e me beijava alternadamente. No momento em que ele gozou, saiu de cima de mim e, sem acentuar uma palavra, volteou para seu quarto. Acordamos por volta de 10hs da manhã e ele já tinha ido ainda que. Eu não tenho aludido com ele com ciúme dele ter se apesarado, porém espero anciosa a volta dele. Como é um chave, me senti oh transando com meu filho e com certeza serei a sua puta no momento em que ele voltar. Apenas que desta vez, vou ingerir a iniciativa e serei mais alastrar, uma vez que percebi que ele gostou disso. Se isto ocorrer, eu escrevo como foi. Apreciaria que as mães que leram isto e que já fizeram isto qualquer vez me escrevam.

Com um casal da internet

Mais uma deliciosa aventura. Desta vez eu, Marco e sua mulher Fernanda.

Como virei uma puta

Meu nome é Alexandre, eu era de uma familia classe media-alta, morava no Leme, Rio de Janeiro, meus pais sempre me deram tudo o que eu queria, fisicamente eu sou branco, 1,70m de altura, corpo mediano, cabelos e olhos castanhos claro, 17cm de pau. Como eu tinha vida boa, passava o tempo todo so na curtição. Abandonei a escola particular que os meus pagavam e vivia so nas festas. Perdi a virgindade com 13 anos. Engravidei varias meninas nessa epoca, todas de 12 anos, uma quando eu tinha 14, outra quando tinha 16 e outra quando tinha 17 anos, mas não assumi nenhum deles. A minha estrategia era chamar as meninas inocentes e normalmente pobres, que vinham pra praia, pra iriem na minha casa. Depois tirava as roupas dela e fudia elas, e fotografa elas peladas e ameaça mostrar as fotos pra geral se elas não viessem transar de novo comigo ou pra manter elas caladas quando engravidassem. Eu sei que esses 3 filhos são meus, porque as meninas que eu comi eram virgens e elas so transaram comigo ate engravidarem. Alem essas meninas mais novas eu pegava todas as garotas que eu queria, era machão e tinha muito orgulho do meu pau. Cheguei a ser detido por bater numa mulher que falou que ele era pequeno, mas so passei uma noite preso.

Presente para a esposa

Olá . Estamos aqui de novo sou Cido 45 e Alana 42.

Pagando o aluguel com uma transa gostosa

Atire a primeira pedra quem nunca passou por dificuldade nesses últimos tempos. Estava em processo de separação e para piorar estava desempregado. Morava em um prédio pequeno no interior de São Paulo. O que ganhava dava e sobrava para todas as contas, mas quando a maré não está para peixe não adianta chorar.

Comido pelo Tio Roludo

Nas minhas férias escolares pedi a meus pai para me deixarem passar o tempo na casa de um tio meu que mora no Rio de Janeiro, e acabei sendo comido por ele.

Minha Primeira vez com Meu Primo Gostoso

Ola galera minha bem vou relata a voces a minha primeira vez bem nao foi uma simples foda vou me descrever Bem meu nome e Sunny,sou morena Morena,25 anos,173 de altura e toda gostosa bem tipica de carioca adoro uma praia nao sou malhada mais tenho uma bela vantagem uma bunda gostosa e uns seios fartos Bem voltando ao assunto tudo começou quando eu tinha 19 anos toda virgem sonhava em casar assim mais algo aconteceu,eu morava em uma favela todos me conheciam eu sempre chamei muita atençao e muita inveja de mulheres e chamava mais atençao ainda de umas certas pessoas um deles era parente um primo meu ele sempre me desejava sempre dava em cima de mim e um certo dia sozinha em casa meu pai trabalhando minha mae vendo as coisas dos 15 anos da minha irmazinha entao a casa era toda minha decidi coloca-la em ordem sempre gosto de arruma a casa entao coloquei um som alto de funk e fui arrumando a casa eu estava de costa e nao via quem entrava entao sorrateiramente o Marcos ele me agarrou eu queria grita mais ele tapou minha boca com uma das maos e a outra ele apontava um facao me conduzindo ate meu quarto e falou que ia me fuder ate eu desmaiar eu chorava emplorava pra ele nao faz isso mais nao adiantou ele me deu um tapao na cara me chamou de vadia e foi tirando meu vestido e minha calcinha me deixando completamente nua na cama nisso ele apontou o facao na direçao do meu rosto e falou:nao quer morre ou fica desfigurada ne piranha so escorria lagrimas do meus olhos ele meteu o dedo na minha xota pra conferi si eu tiva exitada ai ele teve uma supresinha eu era virgem eu travei minhas pernas fechando na mao dele mais por meu mal ele me deu outro tapao na cara e falou ou eu dou eu iria ser pior ele ia me leva pra um bar e deixarias varios velhos me estrupar em vez dele,entao eu so fechei os olhos pra nao olha pra cara dele so nojo que eu estava ficando so escutei ele abrindo o zip da calça e sentindo alto muito duro e com uma grossura sem fala mais nada ele meteu uma mao na minha boca tapando e a outra ele enfiou aquela piroca na minha xana que entrou rasgando foi uma dor do caralho doeu ate minha alma eu tentava grita,tentava socar ele pra ele sair de cima de mim nada adiantava ele parecia um touro me fudendo com uma violencia e um prazer so escutava ele gemendo de prazer me chingando de puta,de vadia,de vagabunda e socava mais e mais parecia que nao iria ter fim aquela foda ele estocou tao forte que pensei que iria me atravesar cada estocada era uma gemida minha de dor e uma lagrima rolando em meu rosto sentia cada pulsada do caralho dele so fui sabe 1 ano depois que ele ia goza na minha xana há toda a foda foi sem camizinha.Sentia o suor dele pingando nos meus pequenos seios ai sentir a pica dele saindo de dentro de mim senti um ardor do caralho ai foi quando eu abri os olhos e vi ele dele de meu lado de joelhos mandando eu chupa aquela piroca toda ai fui ver o tamanho 16cm por 8 era grossa eu cheia de nojo dele so balancei a cabeça falando que nao ai tomei um soco na cara e ele gritando chupa logo sua puta ou voce quer que sua mae chegue e ver voce me chupando entao tive que chupa aquilo com nojo passava os dentres querendo arranca ela fora ai ele puxou meu cabelo e mandou eu abri a boca sem mostra os dentes e enfio tudo na minha boca eu babava querendo vomitar fui sentindo a piroca quente e macia na minha boca ir crescendo e pulsando senti o primeiro jato de porra na minha boca queria cuspir aquilo ai ele me fez engolir abrindo minha boca pra ver eu engolindo tudinho foi um misto de nojo e gosto muito louco engolir ele bateu no meu rabao e me deu um selinho falando arruma isso tudo ai joga um cheiro na casa porque ta com cheiro de sexo ele saiu da minha casa com um sorriso de satisfaçao fiquei ali na cama nua com a xota ardendo com o corpo doido e com varias marcas na cara levantei caminhando muito de vagar tranquei a porta do meu quarto voltei pra cama suja de sangue e deitei em cima de tudo so chorava olhei as horas e estava perto da minha mae chega tirei o lençol da cama joguei em um canto pra depois lava-la levantei abri o quarto e sai pra toma um banho de baixo do chuveiro eu so chorava passando a mao no meu corpo com nojo de mim mesma passando a mao na minha xota pra sentir o que acontecia nossa senti ela maior e com um buraco enorme sem comparaçao mesmo antes e depois joguei agua quente no rosto pra tira os vergaos da mao pesada dele que ficou desenhada no meu rostinho angelical sai do banho e fui pro quarto so de toalha nisso minha mae chega desligando o radio e me chingando que eu estava ouvindo aquela merda de musica nem dei trela pra minha coroa tava mega mal minha irma toda feliz com o que comporo pra festa eu so peguei e me tranquei no quarto e fui dormi so acordei no dia seguinte com uma sede enorme de sexo eu tinha viciado mais cheia de dor que eu estava sai pra ir pra escola meu ultimo ano com meus amigos tomei um remedio pra dores muscular do meu coroa e fui desparada descendo a favela pra ir pra escola como sempre atrasada mais no caminho descendo dou de cara com o Marco ele me olho chegou proximo de mim e falou e ai minha delicia dormiu bem e susurrou:essa xotinha e minha agora quando eu chega de viagem eu vou te procura em casa de novo sai feito um furaçao sem responde nada chorando cheguei na escola muito atrasada dei a disculpa na portaria que tava com dor de barriga por isso cheguei tarde assintir 4 aulas sem muita atençao minha amigas no fogo danado com os meninos e falando de sexo eu meio na lua com a xota piscando fui acordada com um biletinho de um menino falando que estava a paixonado por mim e que eu aquela manha estava mais linda que nunca.realmente eu mudei me sentindo mais mulher e com menos vergonha dos assuntos de sexo entre meus amigos sorri pra o claudio e passei o bilete falando que no dia seguinte eu ia conversa com ele a respeito de nos ficamos ele sorriu todo bobo,tocou o sinal da saida minha amigas falaram nossa sunny voce hoje tava longe pra caralho so falei to com dor de cabeça e pensando no meu futuro pura mentira tava pensando no Marcos e o por que ele fez aquela merda comigo há esqueci de descrever o Marcos ele e moreno claro um tesao na epoca mais velho ele tinha 25 anos filho de um tio meu que morreu e foi mora com a avó ele sempre fez o que gostava,entao voltando eu tomei um nojo dele e queria vingança que demorou mais veio Marcos se meteu com gente errada e passou a usar drogas saia transando com qualquer mulher e homem no caso os que gostava de libera o cuzinho… 2 Anos se passaram eu namorei o menino da escola completei meu estudos e nem um sinal do Marcos pensei que ele tinha morrido mais engano foi o meu ele foi preço por ta portanto drogas ele ficou esse tempo preso la ele fez tatuagens fez e aconteceu foi solto e quando ele saiu da cadeia ele veio atras do portinho de ouro dele eu no caso ele chegou na minha casa eu estava so de novo mais eu estava mais esperta que tudo na vida escutei passos e meu portao abrindo olhei pela varanda de casa e vir um homem estralho entrando so peguei um facao e tranquei a casa toda ate a varanda eu tranquei com medo ele bateu na porta de asseco da casa me chamando Sunny eu sei que voce esta ai abre minha safada to com saudades como na minha porta de casa tinha janelinha eu abri apontei o facao e falei seu puto desgraçado voce some daqui ou eu te mato ele riu falou que eu nao era capaz de fazer aquilo com o homem da minha vida o que tinha tirado meu cabaço eu puta da vida que eu tava dei 2 gritaos com ele e falei eu te mato ai ele viu que eu mudei se afastou um pouco e me olhando pela janela da porta nossa como voce mudou agora ta com mais seios mais gostosa que tudo e essas suas roupas ousadas me deixa de piroca dura nossa quando ele falou da piroca acendeu minha xota ela piscava feito uma condenada minhas pernas ficavam tremendo meu corpo queria voar nele e cair na cama mais eu me controlei peguei meu cel e fingui que tava discando coloquei na operadora do cel e fiquei falando com minha mae e falei que marcos tinha voltado de viagem que queria ver ela entao ele viu que eu tava falando e alguem me responden
do falou que ia embora e outro dia ele ia volta me senti aliviada com tudo aquilo e sai correndo por meu quarto me masturbei ate goza Bem Gente esse foi meu primeiro conto de muitosvou relatar minhas aventuras na faculdade e meus lances na net e o meu hoje em dia com meu futuro marido e cada foda so de relembra-las ja to com a xota piscando vou parti pra toca um siririca e dormi gostoso beijos meu email:[email protected] do Rj e pirocudos uma deliciosa chupada na piroca de voces

O Personal comeu a minha bunda enorme

Me chamo Igor (nome fictício) tenho 18 anos, tenho 1:78, moreno, e o principal…uma bunda enorme (maior do que a de muitas mulheres na minha cidade), eu sempre gostei de praticar esportes, e a história começa quando conheço Roger, um negro alto, forte, sarado, tudo de bom, ele era professor de educação física e resolveu dar aulas de natação, vi ai uma oportunidade de ver aquele gostoso só de sunga, me inscrevi na natação e logo comecei a fazer aulas, no primeiro dia, para minha surpresa, só estava eu e Roger lá, ao fim do alongamento tirei a roupa, ficando apenas de sunga (uma sunga normal, nem muito apertada e curta) e entrei na piscina, Roger prefere não entrar na água, ao fim da aula ficamos

Provocando o Amigo Nerd

Amo provocar e não transar por um bom tempo. Tenho 1,63, cintura fina e bunda empinada. Sou portuguesa, mas moro no Brasil tem um tempo. Outro dia chamei meu amigo nerd, tímido, para vir lanchar em minha casa e estava querendo muito ficar toda molhadinha. Às vezes brinco disso de provocar sem chegar a transar e me deixa louca. Aí ele chegou e eu estava de saia curta soltinha e um top curto, mostrando um pouco da barriga e as pernas quase até à bunda. Claro que esqueci de colocar calcinha, mas no calor, quem precisa, né?

Que Tesão: H de 40 vira CD de 20, irreconhecível.

Isso aconteceu já fazem uns 2 anos, conheci uma pessoa em um evento corporativo bem interessante, descendente de oriental vou chamá-lo de ALVES, casado com sua esposa junto os dois bem apresentados e interessantes, ele baixo magro bem estilo oriental mesmo.

Buceta molhadinha para todos

Estou eu aqui de novo, nesse final de semana a festa foi otima. Tudo começou com uma janta em um lugar muito legal onde tinha uma sala sò para nos, uma sala de teatro onde jantamos e logo depois muita musica e todos bebendo de tudo. eu como sempre tomo um drink e fico observando tudo, logo mais todos ja bebados e minha esposa tambem muito sexy com um vestido super curto dançando me enche de tesao os macho todos querendo daçar com ela e eu adoro ficar olhando. Era ja tarde quando algumas pessoas começarao a ir para casa eu comecei a dançar com minha esposa e lisar sua bunda para que os machos olhasse aquela cena, chamei ela e fomos para um canto escuro e comecei a chupa os peitos della e enfiar o dedo em sua buceta que estava ja molhadinha tirei sua calcinha e coloquei no meu bolço virei ele com aquela bunda gostosa e meti a linha no cuzinho dela ela começou a gemer gostoso e nao aguantei de tesao tirei a roupa e meti a pica tura naquela buceta gostosa molhadinha que entrou escorregando ate o fundo quando ela deu aquela gemida forte fui a loucura de tesão, bombei forte e ele pedia mais, mais, mais…..quando senti um barrulho, olho era um amigo que estava chegando perto ja com aquele pau duro na mao eu continuei a bombar ele ficou um tempo ali tocando uma punheta que me dava mas tesao fiz um sinal para ele chegar mais perto tirei a minha pica da buceta dela e coloquei ela para chupar gostoso foi quando esse amigo começou a lisar sua bunda ela olhou e continuá a chupar minha pica ele deu uma gospida na cabeça do seu pau e colocou na buceta dela empurrou ate as bolas ela gemeu gostoso pedindo mais mais mais mete forte mete forte, eu estava morrendo de tesao troquei de lugar com ele, ela meteu a boca naquele pau duro e eu meti a minha pica no cuzinho dela ela gritava de tesao e gemia gostoso quando chegou mais um amigo eu tirei a minha pica e deixei ele também mete aquele pau na sua buceta ela nem percebeu a troca eu me afastei e fiquei louco vendo dois comendo minha esposa um deles deitou no chao e ela logo foi em cima dele o segundo passou na frente dela e colocou na boca dela eu fui logo no cuzinho dela e bombei forte ela gemia como uma louca de tesao quando ficamos os treis de pè na frente dela e gozamos na sua boca ela pedia mais mais……… nao sabia que minha esposa era uma safada assim…..foi otimo