contos reais de corno

Transando com o Noia do Bairro

Ola pessoal saudades de vir aqui expor minhas sacanagens, mas ultimamente estou praticamente uma santa ainda pra ajudar perdi meu emprego, mas vida que segue. Estava eu em casa quando uma bola dessas que os meninos jogam taco caiu na minha varandinha, só soube pq um dos rapazinhos gritou o nome do meu cunhado preso logo achei que era um dos amigos dele, mas pra minha surpresa era o rapaz pedindo pra pegara bolinha dele.

Prazeres de uma viagem

Sempre gostei de viajar para lugares afastados dessa minha vida que tenho aqui,

Primeira vez com meu primo

Olá, me chamo Leonardo, tenho 29 anos, 1,75m, sou moreno, casado e com 2 filhos. Nesse meu primeiro conto resolvi contar da primeira vez que tive relações sexuais com outro homem, é uma historia real que aconteceu com meu primo mais velho.

Menage no inner

Somos um casal jovem de japa, minha esposa tem 1,70 de altura, magra, seios

Esposa do meu primo e o montador de móveis

Boa noite essa é mais uma história real que vou contar infelizmente não tive participação rsrsrs.

Dançarina Mascarada

Olá me chamo Nica tenho 22 anos sou morena com cabelos longos, barriga chapada , dona de coisas grossas e e um bumbum bem empinado,sempre me considerei hétero, até que um dia meus amigos gays me convidar para conhecer uma boate que eles frequentavam. Decidir ir porque eu amo conhecer coisas novas, cheguei na quela boate por volta de 00:00 , entramos, estava bem cheio o local, no palco havia um show de dança , que parecia dança do ventre, com dançarinas que usavam um véu no rosto, cheguei mais perto para ver melhor o show, uma das dançarinas era loira, tinha os olhos bem azuis, usava um véu vermelho no rosto, e dançava maravilhosamente, comecei a observar o seu corpo, tinha uma barriga lisinha, e seios grandes e bem duros, quando virou de costas para dança pude ver sua bunda era bem redonda e empinada. Enquanto eu me perdia em seu corpo , reparei que ela me olhava , com um olhar diferente, ela dançava balançava o véu e me olhava.. o show acabou , mais Quelé olhar não saiu da minha mente .. a noite rolou, meus amigo já tinham cada um arrumado um par.. e ja era por volta de 4:00 da manhã quando fui ao banheiro e ele estava vazio, entrei e fui até o espelho lavar o rosto, pois estava muito suada, foi quando ouvi o barulho da porta se abrindo, e depois barulho de trança, corri pra ver o que era com me do de me traçarem ali sozinha, quando vi, aquela dançarina entrando, linda, e com

Obsessão Anal de 4

Nessas últimas quarenta e oito horas os rígidos valores morais de Mário tiveram uma reviravolta que julgou nunca ser possível. Primeiro, ele conseguiu desvincular o comportamento de sua esposinha Ana do da sua mãe Zélia.

Mulher de Pastor Merece Ser Bem Fodida

Hoje vou falar de Alana, Mulher casada com Pastor da região,

Gel Volumão é Bom de Verdade? – Veja todas as Informações Aqui!

O Gel Volumão é um produto natural que ajuda na manutenção intensa da ereção, servido de apoio para quem sofre com a disfunção erétil, mas também serve apenas para aumentar a capacidade, e potencia sexual, melhorando suas noites dando maior prazer e satisfação.

COMPROU GUARDA ROUPA E LEVOU PICA

Tudo começou qdo eu coloquei em um anúncio um guarda roupa para vender, certo dia recebo uma mensagem falando que tinha gostado do guarda roupa,eu dei o endereço é veio um casal ver o guarda roupa, chegando lá era um casal de cara ela tinha gostado já o marido não gostou cara todo ignorante botando defeito no guarda roupa, dando piada na esposa que era uma delícia loira linda eu olhei logo para as pernas dela,de saia e uma blusinha ui Delícia,daí eles prometeram voltar depois ok tudo bem,passaram três dias e eu ouço a campainha tocar qdo eu abro para minha surpresa era ela,estava sozinha e veio comprar o guarda roupa,e me pediu para ver novamente eu a levei para o meu quarto e mostrei ,ela estava de saia e sentou na minha frente eu em pé abrindo as portas do guarda roupa mostrando a ela qdo eu me viro ela está sentada de saia,eu tento disfarçar mas não consigo meu diamante negro me

Amor de pica, Amor que fica

Já faz mais de ano que tive a primeira trepada e tudo começou com uma encoxada  no metro

Amandinha CDzinha

Olá, a todos.

Minha namorada bêbada me fez de corno

Me chamo Rafael, e minha namorada Camila. Na época tínhamos 20 anos. Ambos somos de descendência japonesa. Ela, 1,60 kg, 52 Kg. Toda saradinha, siliconada, adora esportes por isso sempre esta cuidando do corpo. Tinha acabado de entrar na faculdade assim como minha namorada. Infelizmente passamos em cidades diferentes. Ela em Londrina e eu em Maringá. Pela proximidade das cidades, podíamos nos ver todos os fds. Estávamos completamente apaixonados e eu acreditava que ela era completamente fiel. Aconteceu que era final de semestre e teria uma prova muito difícil na segunda-feira. Avisei-a que não poderia ir vê-la, pois teria que estudar. Ela ficou muito triste mas entendeu. A semana se passou e na sexta-feira o pessoal resolveu mudar a data da prova. Eu mais que depressa, arrumei minhas coisas e parti para Londrina.

Dei para um casado na praça

Olá meu nome é Rafael tenho 18 anos e sou gay, tenho 1,70 magro, cabelo castanho escuro e olho claro, bunda grande e bem gulosa rsrs, sou viciado em sexo, sou bem safado e gosto de apanhar, um dia estava no bate papo do UOL e conheci um cara casado, só que ele nao parecia ser tão safado, falei do meu maior fetiche que era dar numa praça ou lugar público, e ele falou que adorava meter sem camisinha e gozar na boca, um dia marcamos de sair, encontrei ele num shopping, fomos comer e tals, saindo de lá, no estacionamento a gente deu uns beijos mas nada demais, aí ele foi dirigindo sem me falar onde iria, até que chegamos numa praça, ele parou o carro e pediu pra eu tirar a cueca porém ficar de shorts e ir no banco que ele iria sentar, ele saiu do carro e sentou num banco no meio da praça, fiz oq ele mandou e fui em direção a ele, sentei no colo dele e comecei a beijar ele, ele apertando minha bunda forte, aí ele parou o beijo e falou que ia me comer forte na praça, eu amei neh kkk, sai do colo dele abri o zíper dele e me surpreendi com o tamanho da rola dele, era muito grande porém não muito grossa oq eu acho até melhor pra chupar, da pra engolir tudo, deixei bem babado o pau dele, aí ele me levantou e me colocou de 4 no banco, começou a passar a cabeça do pau dele na portinha do meu cu e eu morrendo de tesão pedindo pra ele meter, ele meteu tão forte que escorreu uma lágrima, ele meti tanto que eu não conseguia segurar

Exibindo minha namorada na webcam

Olá tenho 25 anos e minha namorada 22, vou chama-la de Amanda ( nome ficticio ). Desde que eu a conheci ela ja era bem safadinha e ja havia transado com outros homens, e isso me excitava muito. Com o passar do tempo ela foi ficando mais quieta o q me incomodava muito pois adorava ela meio puta. Aos poucos fomos descobrindo coisas como o swing e os contos eróticos o q nos despertou a atenção, e percebi que quem era safada nunca perde o habito. Durante nossas relações eu pedia para ela falar das transas dela e ela relutava mas acabava me falando e aquilo me fazia me sentir um corno. EU tinha uma vontade enorme que os outros pudessem ve-la nua e ela me confessou que adorava se exibir , claro de forma discreta e quando os homens cantavam ela , ela adorava e dependendo do homem dava até vontade de transar, e para saciar a sede ela comprou um vibrador. Um dia teclando no bate papo pra passar o tempo percebi que ela gostava de fingir ser descompromissada e adicionava os caras no msn e alguns ela conversava na cam, e um deles ela gostava muito, se chama lucas. Sem ela perceber eu coloquei o msn para salvar as mensagens, e quando li uma delas vi que ela pediu para ver o pau do cara, e tinha ficado só nisso. Um dia ela teclando com ele perto de mim ela ja tava louca e pediu pra eu olhar a porta pois ela queria ver o pau dele que era grande e grosso, eu explodindo de tesão fiquei olhando e ela foi se soltando até mostrar os peitos e a buceta pra ele. Porem ela ja tinha adicionado uns casais no msn e tava teclando quendo um casal q tava transando na cam começou a conversar com ela , então ela me chamou pra transar pra eles verem e ficamos ali por varias horas nos exibindo e ela adorava ficar vendo o pau do cara e principalmente a buceta da mulher dele, foi onde descobri que minha pervertida tbm gosta de buceta e q ja até beijou uma mina na boca aos 17 anos. Bom ela ainda fica se exibindo principalmente qundo estou no tabalho, pra depois ela me contar e a gente se deliciar. Agora meu proximo passo é ve-la transando com outro na minha frente. Por enquanto é só , mas assim que eu conseguir fazer ela dar pra outro eu conto, e desculpa talvez pelao texto mau explicado, é que é o meu primeiro conto. Abraços

Segunda Vez na casa de Swing

Há muito tempo acompanho o site e gosto muito de contos Eróticos, mas só agora consegui postar algo que aconteceu comigo e minha esposa.

Meu Tio me Comeu

sou matheus, tenho 19 anos e moro com meus avós, meu pai e meu tio

Meu avô e minha iniciação

Essa história aconteceu a muitos anos atrás. Na época a minha mãe trabalhava na casa de meus avós adotivos. Ela fazia limpeza da casa, almoço, lavava as roupas, três vezes por semana, pois minha avó já tinha bastante idade para fazer tudo sozinha. Como eu ainda era muito pequeno para ficar em casa sozinho eu sempre a acompanhava e passava os dias fazendo lição, brincando de carrinho e ajudando o meu avô. Eles tinham uma casa grande, com um bonito quintal e dois quartinhos nos fundos, onde eram guardadas ferramentas e outras bugigangas. Meu avô tinha quase oitenta anos, mas era muito lúcido e cheio de vida. Vivia mexendo no quintal e consertando uma coisa aqui ou ali. Após algum tempo nesta

Depois da Micareta

Esse é meu segundo conto. Eu nem sei se o primeiro foi publicado, pois tem um tempo que escrevi. Contudo, vou me descrever novamente: tenho 26 anos, 1,70m, sou moreno, gosto de esportes em geral e não tenho um pau descumunal como eu vejo tantos caras dizerem nos contos de uma maneira um tanto quanto duvidosa. Por outro lado, ninguém nunca reclamou também, rsrs. Mas vamos lá.

Meu marido não gosta de fazer sexo anal comigo

Meu marido não comia meu cu, então dei pro meu cunhado com o aval da minha irmã. Era um domingo, aniversário do meu marido, e todos na minha casa almoçando e tomando umas cervejinhas, mais tarde fomos pra piscina até que ficamos eu e minha irmã num canto conversando, quando seu marido chegou perto de nós nos oferecendo mais cervejas. Ele estava só de sunga pois havia acabado de sair da piscina, e pude observar pela sua sunga molhada o contorno da sua rola semi dura, pois ficava bem delineada, olhei pra minha irmã com um leve sorriso, e ela percebeu a situação, meio constrangida depois da saída dele me pediu desculpas, apenas falei: Sortuda você em!!! Rimos e começamos a falar de sexo comentando sobre o tamanho das rolas dos machos ali presentes. Comentei do meu marido e ela do dela, aí eu disse que a única decepção que eu tinha em relação ao meu, era dele não comer meu cu, pois eu tinha verdadeira loucura em dar o cu e ele não me comia, achava que era uma coisa suja, foi quando ele comentou que o seu marido era louco pra comer o dela, mas ela é quem não queria, pois ela certamente não agüentaria aquela tora do marido enfiada em seu rabo, pois todas as mulheres com quem ela conversava sobre o assunto

Traindo o meu marido no trabalho

Amigos do contos eróticos, essa história que vou contar agora ocorreu no comecinho do ano e espero que vocês curtam. Eu me chamo Noêmia, tenho 34 anos e trabalho como secretária numa empresa. Voltei de férias com as energias renovadas e muito mais bonita, chamando a atenção dos meus colegas de trabalho e do meu chefe, o seu Ronaldo.

Trepada inesquecível com minha esposa

Sou casado há sete anos. Tenho 31 anos, 72 kg, sou branco, cabelos e olhos castanhos. Sou muito tarado em minha mente, mas, perante as pessoas, pareço um cara pacato e assexuado. Minha esposa é linda e gostosa: tem 29 anos, branca, 55 kg, cabelos longos castanhos e olhos cor de mel. Os seios dela são um verdadeiro deleite: preenchem minhas mãos completamente e, quando ela está excitada, os bicos ficam tão duros e salientes que minha boca enche d’água só de imaginar. O que vou contar neste relato aconteceu ontem, pouco depois de ela saber que a tinha traído com uma prostituta no ano passado.

Gozada fantástica

Meu conto é uma história realizada em São Paulo tenho 36 anos, solteiro e separado, frequento baladas liberais há alguns anos mas de vez em quando somente… certa vez estava em uma delas que fica no bairro de Moema… chamada Hotbar, curtindo a balada, o som é tudo mais… apesar de ser uma balada de swing a balada em si é muito top

Me passei por minha esposa

Meu nome é Carlos e sou casado a 13 anos com uma bela mulher. Estamos na faixa dos 45 anos. O nome dela é Vanessa.

Trans foi ativa comigo

Sou casado e não estava em dos meus melhores dias passando por vários problemas até que houve um dia de discussões com minha esposa peguei o carro e sai parei em um bar tomei uma cerveja e fiz a besteira entre aspas de tomar duas doses de conhaque oque me fez ir diretamente atrás de mulheres andei muito com meu carro não achei nada até que me lembrei de um ponto de travesti confesso que sempre fui machão mais morria de tesão em ver aqueles corpo lindos quando passava e minha curiosidade em comer uma era muita passei de carro duas vezes uma loira me chamou muito atenção voltei parei em uma rua antes dei sinal com luz do carro ela desceu e perguntei valor do PG ela disse era linda mais não pude deixar de reparar aquele short minúsculo com volume de não acreditar que estaria ali dentro pois volume era enorme…disse para entra no carro me prometeu muito carinho foi conversando muito fomos no motel tivemos que aguardar ela começou a acariciar meu pau que não dava sinal de vida pqp foi me deixando bravo e ansioso ela pegou na minha mão ainda dentro do carro e colocou em suas pernas puxando pra cima de seu short eu relutei dizendo pode parar sou hétero vim aqui pra te comer.