contoerotixo

Suruba com três casais fogosos

Já faz um tempo que estou enrolando para escrever esse relato porque não tem como não ficar muito grande e meio confuso pela quantidade de gente envolvida, mas vamos lá, vou tentar.

Canalha amigo do meu namorado

olá queridos, sou a Camila Cavalo, 22 aninhos,branquinha, morena de cabelo liso, 1,60 m, e seios fartos, e o que vou relatar a seguir aconteceu de verdade alguns meses atrás…eu e meu namorado somos amigos de um casal há muitos anos, e sempre foi uma convivência muito respeitosa, porém nesse determinado final de semana fomos todos viajar para o interior de sp na casa da mãe da minha amiga, e como é um ap pequeno nos acomodamos todos no mesmo quarto em 4 colchões no chão, eis que a distribuição ficou: meu namorado perto da porta, eu ao lado, o amigo dele do meu lado, e

Tentação, Difícil ver, tocar e não comer

Podem me chamar de Cacau, tenho hoje 25 anos, na época eu tinha apenas 19, minha irmã que vou chama-la de Lilian, tinha acabado de fazer 18 anos, eu tenho 1.76, olhos castanhos, cabelos curtos, nada de anormal e lindo no meu corpo, ao contrário da minha irmã, Lilian despontava os olhares gulosos de muitos dos meus amigos, eu nunca antes do ocorrido, nunca tive maldade apesar de vê-la quase sem roupas, isso mudou num final de semana quando estávamos sozinhos em casa, aos 17 ela já saia com amigas, bebia e chegava tarde, meus pais achavam que ela nem era mais virgem, eu e Lilian

Meu chefe me fodeu gostoso no trabalho

Olá, me chamo Georgia – nome fictício – sou loira, tenho olhos verdes, não sou muito magra, mas faço academia e pode-se dizer que tenho grandes coxas, e seios.

Dormindo na Casa do Primo

Meu primo havia me convidado para dormir em sua casa. Fiquei animado pelo convite. Esperei de tudo, menos o que de fato aconteceu.

Casal que me levou as nuvens

Meu nome é Júliana, tenho 22 aninhos 1,60 de altura cabelos compridos negros olhos verdes, seios durinhos, bumbum avantajado e durinho uma ninfetinha,tudo começou quando estava em uma sala de bate papo, procurando aventura com casal, na verdade queria uma bucetinha pra chupar enquanto um macho gostoso me comia…

Nossa primeira vez fazendo sexo a três

Depois de muitas conversas sobre nossas fantasias e desejos, e algumas brincadeiras na internet, resolvemos ter nossa primeira experiência, não sabíamos como seria, se seria com um casal, alguma mulher ou homem.

Sendo enrabado pela minha mulher

Ola, sou casado tenho filhos e sou hétero, minha mulher é totalmente careta e nosso sexo é aquele normalzinho e tradicional, mais eu sempre tivi vontade de fazer algo mais. Um determinado dia estava tocando uma punheta quando tive a curiosidade de tocar meu cú, comecei fazendo uma massagem e gostei. Logo depois comecei a colocar o dedo, e depois desse dia sempre repeti. Mais a vontade de ter um prazer mais intenso só foi aumentando, foi quando tive a idéia de fazer inversão de papeis. Procurei nos classificados e achei uma profissional que fazia a inversão. Liguei pra ela e marquei. No dia cheguei lá e ela foi logo espalhando na cama vários consolos para eu escolher. Escolhi um médio que tinha uns 15cm mais ou menos, ai ela colocou a cinta e começou um boquete delicioso, foi chupando meu pau e derepente começou a lamber meu cú, que delicia. Logo e seguida ela pegou um gel lubrificante e espalhou sobre mim, fiquei de quatro e ela começou a meter o consolo no meu cuzinho, foi colocando bem devagar e conforme ia metendo o ritmo ia aumentando. Estava uma delicia, ai pedi para ela me comer de frango assado pois eu queria ver aquele pau de borracha arrombando meu rabo, eu gemia de prazer, estava me sentindo uma vadia, e ela me chamava de puta. Ai ela deitou na cama com aquela rola para cima e eu entendi, fiquei por cima dela e fui sentando naquele mastro. Comecei a cavalgar naquele pau olhando pra ela. Fiquei cavalgando naquele pau por uns 15 minutos quando senti que ia gozar. Foi quando sai e coloquei meu pau na boca dela para gozar, enchi sua boca de porra. Foi uma experiência maravilhosa e sempre que posso eu repito. Adoro dar meu cú para mulheres e se alguma mulher se interessar é só entrar em contato. Moro na grande Vitória-ES. Mais que fique bem claro, só curto mulher, não gosto de homem. [email protected]

Comi minha amiga casada

ola tudo bem o meu nome e marcio moro em salvador-ba estou mandando em primeiro lugar um abraço especialmente para todos os corno manso de todo o brasil, porque eu sou um comedor de esposa de corno manso acoisa que mas gosto nesta vida e de realizar fantasia de corno e de esposa e principalmente si for nafrente do corno ai mim da um tasao tao grende que nen eu mesmo seu esplicar,faço qualquer coisa mesmo de verdade so fude esposa de corno a coisa que mas gosto e de pega um leite condençado derramar em cima da buceta da esposa e lamber bem devagar chupa o pinguelo e fica xingando o corno depois adoro mesmo chupa o cu da esposa mandando a esposa esfrega a bunda na minha cara e gosto que o corno fica olhando, agora vou conta uma historiaque aconteceu comigo aqui em salvador -ba todo o dia que ia para o meu trabalho na estacao piraja eu pega uma onibus barra 3 o nome do onibus,so que o onibus saia cheio nun belo dia fou para o fundo do onibus ela tinha uma mulher gordinha da bundona ai eu resolvi mim encosta na bumdona dela so que ela saia para nao mim encosta eu aproveitava que o onibus esta cheio e comecei a roça o meu pau na bunda dela teve uma hora que gozei porque eu ficava enpurrando o meu pau na bunda da gordinha poucos minutos o onibus foi esvaziando ela sentou eu sentei do lado dela e eu fui puchando papo com ela falando do transito,no outro dia convercei dinovo,depois de uma semana ela mim disse que que era casada ai fique alegre por que sou louco por mulher casada,e falei com ela vamos marca um dia para ajente toma uma cerveja ela topou neste dia coverça vai converça vem ela falo um pouco da sua vida e eu tambem da minha e eu faleu para ela que tinha fantasia por mulher casada ela falo e mesmo e nisso ela falo entao vamos marca dinovo para a jente fazer amizade eu falei ok, so que eu e ela si via todos os dias no ponto de onibus a estacao piraja aqui em salvador da outra ves que que agente marco sair fomos ni um bar so que perto do bar tinha um hotel e era de frente eu escolhe juntamente para ela sitoca que eu queria alguma coisa com ela,so que ela percebeu e nen preciso eu fala que eu queria transa com ela, mas tambem eu falava um pouco de ousadia para ela eu fala que adorava chupa buceta de casada ai ela pegava na minha mao e apertava forte,ai eu falei que estava doido de tesao por ela,ai fomos para o hotel fudemos muito gostoso tirei a roupa dela comecei a beija sua boca, tirei sua calsinha comecei a chupa sua buceta e comecei axinga o corno do marido dela aqueli corno manso nao esta aqui pra ver eu chupando sua bucetona na frente dela ela começo a chupa o meu pau de depois comecei a meter minha pica na buceta dela,pede para comer o cuzinha ela deixo so que antes eu lambe o cu por alguns minutos e a coisa que mas gosto de fazere chupa de esposa mim da uma tesao tao grnde que nen sei esplicar,DEPOIS DERRAMEI LEITE QUENTE NA BOCA DELA E PEDE PARA ELA BEBE A MINHA PORRA QUETE E ELA BEBEU E LAMBEI O MEU PAU TODO LINPANDO COM SUA LINGUA, AI PERGUNTE A ELA SE TINHA GOSTADO DE BEBE MINHA GALA QUE FOU UA DELICIA, EU GOSTEI MUITO MESMO DE VERDADE esposa ou corno de todo brasil que gostou da minha historia entereçados mim procure sera uma prazer realizar fantasia de corno mando e de esposa e minha fantasia tambem que tenho e de coloca a esposa e o corno so dois para chupa o meu pau e depois goza na cara dus dois o meu msn [email protected] E SO PARA MULHERIS SOLTEIRAS E CASADA E PRINCIPALMENTE CORNOS E ESPOSA SERAO BEN VIDOS UMA BRAÇO PARA TODOS OS CORNO MANSO

Esposa aproveitando as ferias na praia

O domingo amanhece cedo em Ubatuba e o sol banha o céu azul com seus raios calorosos. O verão nessa região é sempre muito quente, eu quase não consegui dormir na noite passada, estava muito inquieto e curioso com o que poderia acontecer na praia. Quando acordei Dani já estava ajustando seu pequenino biquíni preto em frente ao espelho, ela ficava absolutamente deliciosa . Perguntei para ela onde íamos e recebi como resposta a informação que passaríamos na casa de um amigo, onde ele já nos esperava. Levantei-me da cama, fui ao banho, coloquei a sunga e estávamos prontos para sair. Chegamos na casa do amigo e lá estava ele, no portão nos esperando. impressionei-me com sua beleza e inicialmente fiquei com muito ciúme de Dani, pois o amigo era um rapaz moreno alto com cabelos negros e lisos na altura do ombro e um corpo atlético, percebi que minha esposa tinha segundas intenções. No carro começamos a discutir qual praia seria o nosso destino, o amigo informou que havia uma praia legal e tranqüila, entramos em consenso imediatamente. Chegamos na praia que para nossa surpresa estava vazia, era tranqüila mesmo, providenciei o guarda sol, Dani tirou a canga e o amigo começava a alongar o corpo preparando-se para entrar no mar. Minha esposa estava com uma saia curta por baixo da canga, ela sabia que eu adorava vê-la tirar a roupa e não me decepcionou, fiquei alucinado de tesão olhando-a tirar a saia, mexendo o quadril de um lado para o outro, mostrando pouco a pouco o seu bumbum gostoso, e percebi, meio distraído, que o seu amigo a olhava com uma certa volúpia, fiquei enciumado e quase pergunto o que ele estava olhando, mas me acalmei. Chamei o amigo para sentar-se à mesa e iniciarmos uma cerveja bem gelada, que havíamos levado no isopor. No tempo em que brindávamos, Dani colocava uma espreguiçadeira bem a nossa frente de forma que pudéssemos olhá-la sem que um estivesse numa posição mais privilegiada que outro e se deitou sedutoramente de pernas abertas. Dani tinha uma xaninha grande, carnuda, depiladinha e que chamava muita atenção, ela estava de óculos escuros e nós não conseguíamos ver em que direção olhava. A praia estava muito gostosa e nós não parávamos de conversar e beber cervejas, todos já estavam bem a vontade a cerveja estava fazendo ficarmos muito solto, Dani então pediu-me para passar bloqueador em seu corpo. Esse era o SINAL! Começaria a sessão sacanagem!!! Fiquei muito excitado. O amigo de nada sabia, sentei ao lado de minha esposa que estava de frente para o seu amigo e comecei a passar a mão pelo seu corpo, passava suavemente as mãos por cima dos seus seios, escorregava pela barriga e massageava suas coxas e virilha, enquanto Dani mordia os lábios de tesão, o amigo tentava não olhar, puxava conversa, mas não conseguia tirar os olhos de minha esposa que gemia discretamente e, não suportando mais o tesão, pegou minha mão e apertou contra seu corpo. Percebi o que ela queria e comecei a acariciá-la colocando seu biquíni para o lado e enfiando o dedo em sua xaninha totalmente molhada de tesão, nesse momento percebemos que o amigo não estava mais em seu estado normal, seu pênis parecia não caber na sunga, estava querendo pular pra fora de tão duro. Dani ficou admirando e então me beijou e pediu que seu amigo continuasse a sessão de bronzeamento, ele, encabulado e sem entender, não aceitou, me olhou e eu assertivamente lhe fiz sinal, nessa hora já estava morrendo de tesão e não via a hora de ver minha esposa safadinha aproveitando. O tesão se sobrepôs a timidez e ele começou a massagear os seus seios, xaninha e a passar os dedos nos lábios de minha esposa, Dani estava fora de si, e com habilidade apertou a pica de seu amigo, eu olhava excitadíssimo minha esposa se deliciar com carícias de outro homem, mas não queria ficar de fora e sugeri um banho de mar, em comum acordo, fomos todos rapidamente se banhar. Não sabíamos como começar, então Dani tomou a iniciativa, ficou entre mim e seu amigo e começou a tocar uma dupla punheta, meu pau latejava de tesão era a realização de um sonho, adorava a cara de safadinha dela em segurar duas picas, ela suspirava de tesão. Democraticamente um era beijado por Dani, enquanto o outro chupava seus seios lindos e duros, o pudor nos deixou absolutamente e começamos, os três, a se tocar por baixo d’água. ninguém sabia em quem estava tocando, mas todos se tocavam avidamente. Dani tirou o biquíni, estava toda arrepiada, gritou querendo que nós a tocássemos em todas as partes possíveis e num súbito suspiro pediu que amigo a penetrasse ali mesmo, em pé. Seu amigo lhe atendeu prontamente e sem mais me olhar para pedir permissão. Em seguida pediu que eu fosse para trás dela e começasse a roçar a pica em sua bunda, ela estava com muito tesão e pedia para ser comida, o amigo sem perdão estocava a pica em sua xaninha chupando seus seios, ao passo em que ela me beijava a boca e masturbava, ficamos por um tempo curtindo, mas não estávamos muito a vontade ali e decidimos voltar para a praia. Dani sentou-se do meu lado e de frente para nosso novo amigo, começou a passar a mão em minha pica e com o pé na pica do amigo com uma cara bem safada, tomada pelo tesão, ela perguntou se queríamos mais? A resposta foi un nime, queríamos sim! Resolvemos terminar aquela aventura e outro local, com mais liberdade, nos vestimos e fomos. Entramos no carro e nos dirigimos para casa, pois o tesão era enorme, enquanto dirigia o carro, tocava uma siririca em minha esposa que me retribuía com um gostoso boquete. O amigo excitado se masturbava sem parar e passava a mão nos seios de Dani. Chegamos na portaria do prédio em que morávamos e o porteiro nos recepcionou com surpresa ao ver que Dani estava com as pernas levemente abertas, de saia, mas sem calcinha, inicialmente não entendi o que o porteiro tanto olhava, mas ao olhar para minha esposa percebi o motivo de sua paralisia. Colocamos o carro na garagem que, infelizmente, era aberta e nos dirigimos para o elevador aos beijos, masturbações e palavras sacanas. Dani dizia que queria chupar os dois, beijei ela e disse que ela estava me fazendo o marido mais feliz do mundo, estava adorando ver ela bem solta e safadinha era tudo o que sempre sonhei. Entramos no elevador e assim que a porta se fechou, minha esposa se ajoelhou e começou a chupar minha pica, o amigo não suportou, colocou a pica para fora da sunga e pediu para ser chupado também, alternava a chupada com punhetas, ora um era chupado e o outro recebia uma punheta, ora o inverso, as vezes ela tentava por os dois paus na boca, foram os dez andares mais gostosos da minha vida. Chegamos em casa nus, sem nos importar com os vizinhos, fechamos a porta e logo fomos transando, deitei minha esposa no sofá e comecei chupar sua xaninha enquanto amigo, em pé, oferecia seu pênis para ser chupado por ela que estava impossível. Mudamos de posição, eu sentei no sofá e Dani no meu colo de costas para mim e chupando seu amigo que lhe acariciava os seios, estávamos todos prestes a gozar quando minha esposa pediu para que eu invertesse a posição com o amigo. Ela cavalgou habilmente como uma amazona na pica de seu amigo e quando ele estava preste a gozar pediu para colocar o pau em sua boca, jorrando muito leite, escorria pela boca e alguns jatos foram parar em seu rosto, Dani me olhava e espalhava o esperma em todo rosto, com aquele cara de safadinha, me chamou, ficando com as pernas abertas, que cena maravilhosa, eu entendi o sinal e comecei a enfiar em sua xaninha, ela me puxou e começamos a nos beijar.,sentia seus lábios quentes e melados, estava atingindo o clímax e gritava muito, a noite era mesmo de minha esposa, ela era o show, depois que fez seu amigo gozar lhe informou que ele permaneceria apenas olhado a transa. por um momento .Ela ficou em pé, apoiou-se no braço do sofá e empinou a bunda me pedido para que eu a comesse, não perdi tempo e comecei a fuder sua bunda com veemência. Dani rebolava, empurrava o quadril contra o meu corpo e gritava que adorava me dar a bunda. não
estava mais suportando, Dani percebeu e gritou querendo uma gozada em sua bunda. gozei muito e gostoso. Amigo queria mais, minha esposa disse pra ele meter nela com força, ele obedeceu e gozou muito dentro de sua xaninha e logo após foi para o chuveiro, enquanto amigo tomava banho, minha esposa me chamou para o banheiro, abriu a porta do box onde seu amigo estava, sentou na pia e pediu que eu a chupasse, obedeci na hora, agachei e comecei a chupar a xaninha de Dani, que passava a língua nos lábios e olhava seu amigo se banhar. Dani gozou em minha boca, pois sabia que eu gostava. Enfim, tomamos banho. Deitamos na cama e falamos ao mesmo tempo – por incrível que isso possa parecer – se não poderíamos nos encontrar com suas amigas e o amigo na semana seguinte, ficamos pensando em como seria um bacanal gostoso e adormecemos abraçados. Se você tem a mesma fantasia com sua esposa/namorada mande um e-mail pra gente trocar idéias: [email protected]

Primeira vez com personal trainer

Sou bastante novo por estas andanças, sempre as minhas histórias mas nunca escrevi nenhum conto, hoje decidi colocar por escrito as minhas experiências talvez gostem eu espero que sim, tudo o passado aqui é totalmente real! Vou começar por me descrever, sempre me senti um pouco inferiorizado e intimidado pelos outros rapazes porque tenho apenas 1,62 cm de altura, e como se não bastasse a minha baixa estatura também tenho um rabo enorme por isso durante a minha infância e adolescência sofria de bullying, chamavam tanto de baixo e diziam que tinha rabo de rapariga, a verdade é que tenho um rabo bastante recheado, redondinho, rechonchudo e fofinho, hoje sou passivo afeminado durante o sexo e estou bastante orgulhoso do meu rabo!

A calcinha da minha enteada safada

Nos dias de hoje moro com uma mulher, Eva (aparente), de 39 anos. Já estamos acompanhados há aproximadamente 2 anos e no último mês de maio, sua filha, Claudia (aparente), 21 anos, veio achar-se conosco. Eva é afrodescendente, alta, esbelta, um corpaço, porém sua filha é também mais gostosa. Apenas que é aguardente e tinge os cabelos de loiros, o que a coloca aproximadamente uma europeia.

Fui consolar meu vizinho e ele acabou me fodendo gostoso

Certo dia no apartamento em frente ao meu se mudou um casal de velhinhos. Moravam sozinhos os dois, eram super gente boa, eu sempre os encontrava no elevador, na portaria, etc. Muitas vezes ajudei com sacolas, com chaves, e essas coisas habituais entre vizinhos. Passaram alguns meses que a senhora adoeceu e não resistiu. Fiquei muito sensibilizada com ele, que ficara sozinho e comecei a dar mais atenção.

Comendo o Cuzinho Virgem da Safada

Como eu comi o cuzinho virgem da ritinha. Vou contar o primeiro de muitos contos, vamos lá… Sento-me no sofá, mostro-lhe a vara endurecida de tesão, acaricio-a lentamente, Ritinha liga a música começa a dançar, aproxima-se de mim, passa a mão pelo corpo, provoca-me com um sorriso malicioso, passa a língua nos lábios, tira a calcinha devagar, mostra bucetinha pequena.

Estuprado na praia pelo negão

Moro perto de uma praia que é bem deserta, tenho 26 anos, sou moreno, magrinho, 1.70 de altura, sou versátil. Já tinha ido nessa praia algumas vezes, e sabia que tinha uns caras discretos que curtiam. Já tinha transado algumas vezes nessa praia.

Quando você encontra o cara certo

Bom esse é meu primeiro relato de como vida sexual mudou!

Meu Sonho em ser corno

Sou casado a 10 anos com uma gordinha bem safada na cama no começo do nosso namoro ela não levava muito a sério e eu era muito ciumento ela saia e me botava ums chifres que eu sei mesmo assim ela nega que não fazia isto diz que isto nunca fez mais vai acreditar em mulher mais mesmo assim ela me contava coisas de quando agente dava um tempo e ficávamos brigados uma vez ela brigou comigo bem na época de uma festa da cidade e ficamos um pra lá e outro pra cá sem se falar mais quando passou a festa voltamos e ela me falou que tinha ficado com 2 caras estávamos tomando uma cerveja e ela começou a contar que o cara tinha um pau grosso e grande e deu de quatro bem gostoso pra ele e o outro pegou ela no outro dia da festa e não me contou como foi mais eu fica com um tensão misto com ciúmes passo um tempo e comecei a assistir uns vídeos relacionados à corno e descobrir que eu queria ser um corno manso passou um tempo e comecei a falar pra ela numa transa “será que está buceta aguenta duas rolas ao

Comendo a diarista casada

Olá me chamo lobo sou de Recife tenho 42 anos não sou gostosão como todos aqui sou gordinho casado . Vamos lá . Estou afastado do trabalho como a esposa trabalha o dia todo fico só em casa um tédio daí resolvi entrar no chat da bol daí conheci uma pessoa com o Nick de diarista. Conversamos trocamos contato e fomos conversando pra saber quanto seria a faxina e tal foi quando ele falou e eu perguntando como ela se vestia pra trabalhar e tal e ela falou que de short e blusa e perguntei já ela já tinha ficado com algum patrão e tal e ela no princípio falou que não que era casada que não faria isso . Mas fomos trocando mensagens até que um dia chamei já que fico só o dia todo . Ela e uma coroa

Evidências de Traições

Meu nome é Rafael e sou casado com a Dani, nosso relacionamento está cada dia mais complicado, depois de cinco anos ela resolveu colocar suas asinhas de fora e se vingar de coisas que nem chegaram a acontecer, leiam nosso primeiro conto.

Primeiro Sexo Anal com minha irmã safada

Eu hoje vou relatar aqui uma incrível história que me aconteceu há algum tempo que só de lembrar me faz gozar sem querer parar.

Lavando o carro e metendo

Me chamo Ana e namoro com Eric há pouco mais de um ano… Eric é o homem mais tarado que já conheci nessa minha vida (e olha que não foram poucos…). Está sempre com vontade de fuder, em qualquer lugar e a qualquer momento! Sempre que chego perto, seu corpo já responde e seu pau fica imediatamente duro, me querendo. É um sábado de sol e resolvemos lavar o meu carro. Feriado de finados e, por conta disso, minha mãe e todos da casa saíram para irem à igreja, deixando-nos a sós enquanto lavamos o carro no quintal enorme da minha casa. Eu visto uma bermuda cinza, um pouco acima do joelho, que, por ser de malha, marca perfeitamente a minha bunda enorme e divide descaradamente a minha buceta. A blusa é preta com as costas todas em renda. Eric com uma bermuda preta e camiseta da mesma cor lava o

Primeira e única experiência gay

Olá, meu nome é Robinson e vou contar uma experiência estranha que me aconteceu esse fim de semana. Tenho um tio que está preso, há mais ou menos uns 5 anos e nesse fds conseguiu sua primeira oportunidade de sair no feriado. Minha mãe ofereceu pra ele dormir uma noite em casa, no meu quarto, eu um colchão no chão. Até aí tudo bem, mas meus pais chegariam tarde da noite e até lá eu faria companhia ao meu tio. Jantamos e ele me contava que precisaria arrumar uma mulher nesses dias, pq estava na seca, nem punheta ele tinha como bater na cadeia. E eu que nunca tive nenhum pensamento gay comecei a sentir algo estranho de ver ele falar assim. Imaginei o como ele comeria a mulher com vontade. Disse a ele pra ficar a vontade e que eu iria tomar um banho, e no banho comecei a imaginar muitas coisas, pensei em o provocar pra ver o quanto era verdade aquela vontade toda.

Meu tio me seduziu

Me chamo A manda sou morena clara nem gorda nem magra, estava em casa com meus filhos e meu tio que Tava visitando a família de férias veio me ver. Não Tava esperando ninguém naquele dia por isso o babydool sem sutiã. Notei que ele não tirava os olhos dos meus seios que logo ficaram durinhos e ele percebeu, logo os meninos dormiram e ficamos os dois tomando um vinho e conversando e o assunto chego no sexo, afinidades, gostos em fim já tava molhadinha apesar de achar estranho por ele ser meu tio. Do nada ele baixou a alça da minha blusa e ficou impinotizado com o que viu seios grandes, fartos e bem diríamos foi essa a definição dele rsrs. Sem demora ele começou a chupar gostoso e eu não resisti soltando um gemido alto pois amo ser chapada nos seios e ele fazia como ninguém, alternava entre os mamilos mordendo e sugando segurava firme os dois e passava a lingua entre eles e eu delirava de tesão. Fomos pra sala de TV onde ele me

Minhas aventuras anais

Primeiro conto que faço, então nao sei me expressar direito. Tenho 26 anos, 1,68m e um pouco sarado, não que isso importe haha. Desde bem novo tive a curiosidade na vida sexual, eu e amigos iriam bater a famosa punheta só pra ver o que acontecia e eu sempre deva uma olhada no pau deles, até pra saber o tamanho e acabava gostando de ver. Sempre gostei dos porno anal, e assim comecei com a ideia de enfiar algumas coisas no meu cuzinho, só nao sabia por onde começar. Comecei com o cabo de escova de dente,e desde que esse cabo entrou, acho que foi tesão a primeira vista! Com sabão mesmo eu ja enfiava um, dois e até tres escovas e explodia de tesão, só que logo após me batia aquele medo de virar viado, mas o tesão era sempre maior ! haha

Mamando no estoque

Era mais uma tarde de domingo e eu novamente tendo que arrumar aquele estoque zoneado da loja onde trabalhava já um ano. Como eu chegava cedo e abria a loja com o sub gerente, era super calmo o movimento até as 15 horas, mas nesse dia o funcionário novo que era um gatinho com pinta de hetero bem pegador, também veio e justamente para ficar comigo nesse dia no estoque.