conto erorico

Arrombei a mulher do vizinho

Era dia da semana eu estava de folga e estava sozinho em casa,qdo ouço a campainha tocar era minha vizinha a Juli, perguntando se minha mãe estava em casa ,eu respondi que não que só estava eu sozinho se não servia,ela deu um sorriso safado e respondeu ,pode ser ela estava de vestido curto super sarada,entrou e já veio me beijando e se jogamos no sofá eu não estava acreditando que estava com aquela delicia ali comigo,beijei ela e já fui levantando o vestido e para minha surpresa ela estava sem calcinha eu abaixei e fui chupando aquela buceta gostosa ela delirava e falava chupa vagabundo safado tarado chupa pq o corno manso do meu marido não gosta não ,aí era que eu chupava de gosto eu passava a língua no cuzinho dela que delirava de prazer,e não demorou muito para ela gozar gostoso na minha boca

Minha tia tirou minha virgindade

Meu nome é Victor (nome fictício), tenho 21 anos, baixo e moreno com um pau de 15 cm. O que eu vou contar aconteceu a cinco anos atrás, eu tinha 16 anos na época. Eu tenho uma tia muito gostosa, branquinha, com um bundão e peitos pequenos, vou chamar ela de Andreia (nome fictício), na época ela tinha 38 anos. Sempre que meus pais saiam eles me deixavam na casa da minha tia, eu sempre reclamava pois achava que não precisava, já era velho o suficiente para ficar sozinho em casa.

Negão Adora Minha Buceta

Ola esse é meu primeiro conto. Me chamo Chris e o conto é verdadeiro. Tenho 30 anos, sou baixinha cabelos e olhos castanhos, pele clara e gordelicia. Conheci meu nego casualmente, fomos apresentados por amigos, nos tornamos colegas e nunca imaginaríamos se algo a mais. Eu tenho uma estima muito baixa e ele é do tipo convencido.Conversamos por um tempo e resolvemos sair um dia sozinhos p conversar da vida. Ele me buscou no trabalho e me levou p um lugar meio sem movimento de pessoas. Me deu um beijo bem longo e cheio de desejo. Passou a mão por todo meu corpo e eu fiquei louca de tesão mas não quis dar o braço a torcer, pensei q ele estava ali cmg só por necessidade de momento. Mas

Que Tesão: H de 40 vira CD de 20, irreconhecível.

Isso aconteceu já fazem uns 2 anos, conheci uma pessoa em um evento corporativo bem interessante, descendente de oriental vou chamá-lo de ALVES, casado com sua esposa junto os dois bem apresentados e interessantes, ele baixo magro bem estilo oriental mesmo.

Meu amigo me pegou de quatro

Sabe quando a gente tem um amigo pra todas as horas, amigo confidente? Pois bem, conheci o Ricardo na empresa que trabalho e mantemos 7 anos de amizade, mas sempre com respeito e sem segundas intenções. Até que um dia, de forma despretensiosa, mostrei a ele alguns dos contos que escrevo. Estávamos num bar, ao lado de casa, bebendo, conversando, discutindo sobre política, sociedade e relacionamentos. Ao mostrar um dos meus contos, Ricardo leu e apenas disse “olha, muito bom”. Continuamos nossa conversa e quando já estávamos entorpecidos pela cerveja, resolvemos ir embora. Eu morava na rua do bar e subimos andando até a minha casa. Chegado no portão, falei “entra Ricardo, ainda está cedo”. Nessa época eu dividia a casa com uma amiga, então fomos para o meu quarto. Deitei na cama

Tirando o seu cabaço novamente

Este conto aconteceu no Sábado dia 11/09/2010. Tenho uma vizinha que tem 17 anos é uma delícia, uma morena +/- 1,60 m, magrinha, seios médios porem fartos (São lindos mesmos), uma bundinha arrebitada e deliciosa,o seu nome e Francine, sempre a tratei com o mesmo carinho, porém há alguns meses observei que Francine passou a usar algumas roupas mais sensuais: Saia curtinha para mostrar a calcinhas, blusinhas bem decotadas, deixando à mostra aqueles peitinhos durinhos e empinados. Sempre que encontrava com a Francine dava um abraço e um beijo carinhoso no rosto, porém comecei a observar que Francine passou a me apertar mais durante o abraço e pude sentir o calor dos seus seios. Certo dia fui até a sua casa para dar uma olhada em seu computador e foi Francine quem me abriu o portão enrolada numa toalha. Na hora meu pau latejou e fiquei cheio de tesão. Francine deu um sorriso safado e entrou em casa e disse que estava indo tomar banho, pois estava sozinha. Fui até o quarto e vi as roupas que usaria: mini-saia, blusa de alcinha decotada e uma calcinhas fio dental, vermelha e de renda. Fiquei louco e comecei a cheirar e lamber aquela calcinhas e tentei de todas as formas olhar no buraco da fechadura, mas não vi nada. Fiquei esperando Francine sair e pensando o que iria fazer para experimenta aquela delícia. Depois que Francine se vestiu, veio me abraçar, então lhe abracei bem mais forte, dei um beijo gostoso e cheirei seu pescoço e disse: Nossa Francine!!! Como você está linda e cheirosa!! Então lhe falei para que não ficasse atendendo o portão assim só de toalha pois era meio perigoso e poderia deixar algum homem louco. Francine me respondeu que tudo que é bonito é para se mostrar. É, ai lhe falei você tem muito o que mostrar, pois é toda linda, e Francine me respondeu: Você nunca viu. Então passei a mão no meu pau que já estava duro e disse: Mas sou louco para ver, sentir, tocar, beijar, chupar seu corpo todinho!!! Já podia ver a excitação no rosto da Francine, pois estava vermelha e com a respiração ofegante. Me aproximei e a abracei e perguntei o que você acha de começar a mostrar tudo para o titio e encostei meu pau bem na sua bundinha. Nisso Francine estremeceu e comecei a deslizar minhas mãos pelo seu delicioso corpo, passando nos seios por baixo da blusa e Francine pois a mão no meu pau e apertou. Começamos a nos beijar e fui tirando sua roupa e pude contemplar aquele corpinho lindo, todo lisinho, seios redondos e uma bucetinha com poucos pêlos (QUE DELÍCIA). quando Francine viu meu pau ficou louca, pois tenho 18x4cm, se abaixou e tirando para fora da cuecas começou a chupar gulosamente e até machucava a cabeça um pouco, percebi que não tinha experiência. deitei Francine na cama e começamos um 69 delicioso aí descobri que a mesma ainda era virgem, o meu tesão triplicou, pois não há coisa melhor que comer um cabaço, chupei Francine todinha lhe fazendo movimentos circulares no clitóris e chupando os pequenos lábios. Enquanto isso chupava meu pau e lambia o saco, parecia que estava chupando um sorvete, Francine gozou várias vezes na minha boca, aí não aguentei e sentei na cama e pedi para que subisse no meu colo, no início Francine ficou meio receosa, mais aceitou e enquanto descia dava umas chupava seus seios e passava a mão naquela bundinha gostosa e arrebitada. Francine acelerou os movimentos aí senti meu pau entrando naquela bucetinha virgem. Tive que me controlar, pois quase gozei dentro de tanto tesão, ficamos um bom tempo naquela posição e depois coloquei Francine de quatro e penetrei por trás e aproveitei para amaciar seu cuzinho que em breve seria meu, quando Francine já não estava aguentando mais de tanto gemer e comigo quase gozando, pedi para que voltasse a me chupar e gozei gostoso na sua boca, Francine cuspiu tudo, mais o esperma ficou escorrendo no canto da boca e caindo nos seios, agora, todo final de semana arrumo um motivo de encontrar com a Francine só para tirar umas casquinha e se tiver oportunidade uma trepadinha. Estou programando para tirar o cabaço do cuzinho, mas isto será outra história.

Comendo a buceta de uma doutora faminta

Há um tempo atrás precisei dos serviços de um advogado, então recebi um contato de uma doutora de nome Rosana, conversei com ela e marquei uma consulta.

Esposa Safada do corno de São Bernado do Campo

Oi pessoal tudo bem, Vou relatar mais um caso que ocorreu comigo, são fatos reais que aconteceram ao longo do meu casamento que vou relatando, não omito nada, nome, cidade que moro e até mesmo o nome do meu marido, pelo motivo que já expliquei em outro conto, relembrando a todos, meu nome é Lucineide, Moro em São Bernardo do Campo, sou casada a 14 anos com meu marido que se chama Reginaldo e tenho 2 filhos que não são dele, e sim do meu ex namorado chamado Sandro.

Meu namorado é tão bonzinho

Olá, sou a Carol e só quero dizer que amo meu namorado Paulo, ele faz tudo por mim, outro dia eu resolvi que queria viver uns dias de vadia, falei pra ele, ele ficou de pau duro na hora pois ele adora quando eu falo das minhas fantasias. esses dias eu combinei com uns caras pra gente fazer um gang-bang, eu sempre tive vontade, eu disse pro meu namorado e ele ficou um pouco enciumado mas topou e até me levou na casa dos caras.Sou morena tenho seios médios, cintura fina e bunda grande e proporcional ao resto do meu corpo,ou seja,tudo onde deve estar, coloquei um mini vestido preto, uma bota de cano longo e salto alto e uma calcinha minúscula que quase entrava no meu cú, no carro Paulo ainda me fez um sexo oral e bateu uma punheta, quase gozou em mim. cheguei na casa dos rapazes e dei de cara com 3 marmanjos que já

Minha mulher fodendo com um negro super dotato

Há uns anos atrás tínhamos anuncio no Swing Real (CRS), e recebíamos muitas mensagens principalmente de homens, foi quando recebemos uma mensagem e pedido de amizade do Fernando, um rapaz na época com 27 anos, alto, musculoso,cabelos raspados e bem dotado, e isso chamou muito a atenção da Bruna, porque ela nunca tinha transando com um homem negro e bem dotado como ele, e ela tinha esse desejo há algum tempo.Depois de teclarmos por algum tempo acabamos marcando um encontro em um sábado a noite.Como ele estava sem carro naquele momento marcamos de encontra-lo na estação Barra Funda do Metrô que é próximo de onde moramos.Chegamos por volta das 21 horas que era o horário combinado, e logo vimos ele próximo a saída do lado do Memorial da América Latina encostamos o carro buzinamos e ele nos viu e veio ao nosso encontro, entrou no banco de trás do nosso carro e fizemos as

Sexo com Policiais Dotados

Eu e minha amiga estavamos voltando de uma danceteria. Já eram quatro horas da manhã. Quando estavamos perto de casa, cruzamos um carro da policia. Pedimos que eles nos acompanhassem, pois como era de madrugada, estávamos com medo de abrir o portão e guardar o carro. Eles muito gentis nos acompanharam. Depois que guardamos o carro eles pediram para beber água. Eles estavam em 3, dois aparentavam uns 35 anos e o outro uns 45 a 50. O mais velho ficou dentro do carro e os outros dois entraram e prá ser sincera, já estavam excitados. Na cozinha, um foi logo me agarrando e subindo minha saia, eu logo já tirei a rola dele prá fora.

Comido pela massagista

Esta semana fui a São Paulo em trabalho. Descobri que perto do meu hotel tinha uma casa de massagens e como tinha umas horas livres decidi ir descontrair um pouco por lá. Entrei e logo comecei a ver o plantel que tinha umas gatas bem interessantes. Tinha umas mais namoradinhas, outras mais cachorras… e acabei decidindo ir com a Elisa, uma baixinha peituda, já coroa mas com muito ar de safada. A recepcionista me levou até ao quarto e fui tomar um banho. Pouco de pois Elisa chegou e se juntou a mim. Começamos logo ali nos beijos e amassos. O peito era ainda maior do que parecia quando estava vestida e tinha um bundão que me deixou logo. Depois de muita pegação no chuveiro fomos para a cama. Logo começou numa chupada bem gostosa. Chupava muito bem a safada. Consegui a virar e começamos num 69 bem gostoso. Enquanto lhe chupava o grelinho, metia os dedos na sua buceta e depois comecei a dedar o seu cuzinho. Ela chupava com mais força… estava a gostar. Quando já tinha um dedo enfiado na sua bunda e sugava seu grelinho, ela virou e pergunto “Gosta de bunda, safado?”, e eu disse que sim… logo respondeu “Eu também… posso brincar com a sua?”. Eu adoro fio-de-terra e logo aceitei. Ela continuava chupando mas agora com os dedos da mão direita fazia movimentos circulares ao redor do meu cuzinho… cada vez se aproximava mais e o meu tesão aumentava. Quando estava bem perto do buraquinho molhou um dos dedos com saliva e começou a forçar a entrada… foi entrado um pouco, mas ela queria mais. Eu continuava chupando mas já sem a mesma intensidade… estava a me entregar totalmente a ela. Ela puxou de uma camisinha e do gel… e meteu a camisinha em um dedo, e encheu de gel. Meteu também gel no meu cuzinho e começou a enfiar mais fundo. Não sei como aconteceu, mas em 1 minuto eu já estava de 4 e ela por detrás sentada me fodendo com seu dedo. Aí começou dizendo que eu estava sendo comido por seu vizinho, o Rodrigão. Que eu era a puta do Rodrigão e que tinha que o satisfazer. Eu estava louco de tesão, ela me tinha pego de surpresa e eu tinha perdido totalmente o controle. Me perguntou se eu queria mais, que tinha um pau enorme no seu cacifo e que ela queria muito que eu fosse sua puta. Eu só podia dizer que sim… e ela avisou que era mesmo grande e grosso e que eu teria que o aguentar todo. Ela desceu e eu fiquei deitado de bunda para cima. Quando voltou, logo tirou o pau e disse que eu não podia olhar. Encheu minha bunda de gel e logo colocou o pau na minha entrada. Foi entrando devagar… a cabeça era bem grossa e custou bastante… mas logo teve o momento em que ela força um pouco e tudo entra. Dei um grito de dor e ela avisou que agora eu tinha que aguentar tudo. Me pediu para ficar de quatro e começou num vai-vem muito gostoso. Eu tentava me tocar mas ela avisava que eu não podia gozar. Ela perguntou se o macho estava gostando de ser comido pela puta e eu respondi que já não era mais macho que queria ser tratado como uma puta e que ela era o macho. Aí ficou louca e começou a meter mais fundo e rápido. Doia pois era grosso e ela não queria nem saber de abrandar. Dizia que a puta tinha que dar o cú todo… tinha que ser arrombada até ficar com o cú todo aberto. Eu estava completamente dominado ele me fodia sem dó. Meu cú já aceitava aquele pau grosso sem qq problema e meu pau estava duro e prestes a gozar. Aí tocou o telefone interno, avisando que tinha acabado a hora. Ela me olhou e perguntou se eu queria ficar por ali ou continuar a ser a sua putinha? De quatro com o pau enfiando no meu cuzinho e louco por gozar, não tive dúvidas. Queria continuar a ser putinha por pelo menos mais uma hora. Ela comunicou que ficariamos mais uma hora e logo voltou para a cama… pegou no pau e recomeçou a me comer e a dar tapas na bunda. Me chamava de puta, piranha, cadela, cachorra… nossa, eu me sentia uma puta gemendo bem alto. E ela cada vez me comia mais rápido e forte. Não demorou e me colocou de franguinho assado. Me fodeu assim e me chupava o pau duro. Eu estava prestes a explodir e lhe pedi para me deixar gozar. Ela aceitou e disse que eu tinha que gozar em sua boca. Nem 10 segundos aguentei… e gozei muito na sua boca enquanto ela continuava metendo aquele pau grosso no meu cú já muito arrombado. Ela sugou tudo e parou de me comer. Deixou o pau todo enterrado em meu cú e começou subindo no meu corpo… até que seus labios cheios de porra encontraram os meus. Me beijou intensamente e partilhamos o meu gozo. Ficamos nos beijando por uns minutos e engolindo a porra. No final não sobrava nem uma gotinha. Eu estava exausto… e agora o cú me doia bastante. Ela se levantou foi buscar papel e tirou devagar o pau de dentro do meu cú. Parecia que doia mais do que quando entrou. Finalmente saiu e eu me sentia todo ardido. Ela limpou e me disse para virar de costas pois agora iria fazer uma massagem.Me encheu de creme e começou massajando minhas costas com seus peitos enormes… E me falando perto do ouvido, que ela adorava comer putinhas como eu. Que era casada e seu marido também adorava dar o cú para ela. Que tinha adorado o meu cú e que teria que voltar. E que da próxima vez, queria se encontrar comigo fora e levar um amigo bem pauzodo para me comer.E que me iria vestir de putinha para que seu amigo tivesse ainda mais tesão e me fodesse sem dó. Ao ouvir tudo isto, fiquei de novo de pau duro. Ela metia suas mãos por todo o meu corpo e viu que meu pau já estava de novo vivo… Me virei e ela logo o abocanhou. Chupou com todo o tesão e eu apesar de ter gozado pouco antes, estava estão excitado que logo gozei de novo. Desta vez ela não me deixou gozar na sua boca. Deixou que tudo caisse na minha barriga. Fiquei quase sem sentidos… e despertei quando o telefone tocou de novo, para sinalizar o final da segunda hora. Ela foi então para o chuveiro enquanto eu descansei. Quando saiu, fui eu para o banho. Antes de sair nos beijamos profundamente e ela me disse que tinha adorado. Que me queria encontrar fora e fazer loucuras com um macho bem pauzodo. Que adora ver uma putinha como eu dando o cú para um pau grosso. Resumindo… fui lá para foder uma buceta e acabei dando o cú… mas fiquei feliz por isso pois gozei muito.

Comendo Ana Flávia

Bom dia me chamo Leon tenho 35 anos moreno claro 1,74 altura 105 quilos, sou de Franca interior de SP vou contar oque aconteceu comigo em um domingo chuvoso de abril .

Na fazenda com o primo roludo

Era um fim de semana com aquele friozinho gostoso de junho, e a família resolveu visitar os parentes do ES. É sempre a melhor reunião de família,mas dessa vez a viagem não foi só boa, foi prazerosa, no melhor sentido da palavra.

Morena tarada afim de putaria

Olá, meu nome é bruno sou da zona oeste de Sp e hoje vou contar umas das minhas experiências mais bizarras e gostosas que já tive.

Fazendo o trabalho para meu corno manso

Ola sou Adriana esposinha liberada pelo maridao corno manso!!!!!!!!!!!!!! Eu e meu marido ultimamente estamos realizando muitas fantasias, a maioria fantasias dele que claro eu embarco, compartilho e estou adorando, me envolvendo cada dia mais, confesso no início não foi tão empolgante, mas com o passar dos dias e com os acontecimentos recentes e liberações dele comigo venho ficando cada dia mais com apetite e imaginação para facilitar com que as coisas aconteçam, e dessa vez foi bem isso, deixei as coisas acontecerem.

Quando gozei de verdade

Me chamo Mel, tenho 20 anos, (1,65m), meus cabelos são cor de mel, longos dão na cintura, corpo gostoso de verdade sou muito branca até rosada pra ser sincera. Amo os meus seios são grandes e volumosos 115 de busto é pra poucas. Tenho uma cintura de dar inveja, 86 cm e um bumbum redondinho 100 de quadril.

Enorme Saudades do namorado da mamae

Depois daquele fim de semana as coisas nunca mais foram as mesmas, eu que tinha chegado lá com meu desejo de sempre na minha mãe, agora estava com o pensamento sempre naquela noite, os flashbacks sempre vinham de relapso, su ajoelhado enquanto aquele homem me fazia seu e me dominava.

Traição no meu Sítio

Olá tudo bem? Me Matheus, 25 anos, casado com Jéssica, 22 anos. Somos casados há pouco mais de um ano. Não temos filhos. No último mês de dezembro resolvemos sair de férias e visitarmos a Bahia.

Homem casado que se sentiu atraído pelo amigo gay da academia

Sou casado tenho 2 filhos e moro em Cuiabá,tenho 45 anos e trabalho como pracista de automóveis,em uma concessionária autorizada,estilo de me cuidar no geral,sou afetado com meu visual e frequento uma academia,já há 3 anos.

Viagem a três

Ola, estou aqui pra relatar mais um conto, primeiro gostaria de descrever minha mulher, morena baixinha, muito gostosa, bunda empinada e carnuda, durinha e com marquinha de fio dental, adora calcinha minúscula o que deixa seu rabo mais gostoso ainda, pele cor de jambo e olhos verdes e quando toma um sol, rapidinho já fica de marquinhas, somos casados a 14 anos e sempre tive o maior tesão por ela desde a época de namoro, isso quando estudamos juntos e agora estamos com 35 anos e ela está mais gostosa que nunca. Ela sempre me conta que ficam paquerando ela na rua e eu fico no maior tesão mas finjo que não ligo, e que não tenho ciúmes, o que puramente mentira, Ultimamente também reparei que os homens ficavam com tesão olhando ela e eu ficava com mais tesão ainda e começamos a imaginar uma trepada a três.

Oral com andarilho

Boa noite.

Noite deliciosa com o padrasto

Oi, vou contar a vocês uma coisa que aconteceu comigo essa semana.

Sua namorada faz isso, Daniel?

Eu conheci o Daniel por internet. Um dia, no instagram, enquanto eu olhava as fotos que iam subindo má minha tela, um rapaz nas recomendações me chamou a atenção. Um cara loiro, de óculos escuros, barba bem feita, bem bonito. Pedi pra seguir, porque o perfil era privado. E não muito tempo depois, ele não só aceitou meu pedido como me seguiu de volta.

Chupando a bucetinha da melhor amiga

Tenho várias histórias verídicas para dividir com vocês, mas como essa será minha primeira vou contar da minha primeira vez com uma mulher, que não é qualquer mulher e sim o amor da minha vida. Sou a Gabs, 23 anos, 1,65, olhos verdes e cabelos loiros escuros, peitos grandes e uma bunda média, branca e extremamente tímida haha