comeu a diretora

Meu primo pauzudo

Olá, meu nome é Gustavo, tenho 38 anos, casado e pai de uma filha. Vida que segue! Bom, quando eu tinha 17 anos eu ia muito pra casa de campo de minha família, os primos se encontravam e percorríamos muitas matas, córregos, desbravando sempre a área. Meu primo com a minha mesma idade, sempre me acompanhava, nesse dia em especial fomos até uma plantação de janelões, subimos nobre e ficamos chupando os frutos, sentados nos galhos, foi então que ele começou a falar que ele tinha fodido o cuzinho da namorada dele, que era uma delícia fuder um cuzinho, e nisso ele pôs a mão dentro da sua bermuda, e começou a punhetar seu pau, e eu disfarçando pra não dar na pinta que eu estava olhando pra pica dele. Foi então que ele tirou aquela pica maravilhosa, grande com a glande rosa, já meladinha. Me veio uma água

Aprendendo a ser uma Submissa

Meu nome é Ana, 37 anos, sou casada. Estou escrevendo pela primeira vez.

Gosto que me enche de porra

Olá, eu sou Madalena e tenho 20 anos. Atualmente, sou garota de programa e uso a grana para pagar meus estudos. Eu sou de uma família de uma situação financeira razoável, se eu houvesse esperado mais minha mãe tinha me arranjado um emprego legal. Enfim, me joguei no mundo menor de idade e fui fazer minha vida. Eu já tinha experiência, dava pro amigo do meu pai e ele me dava presentinhos, me buscava de carrão na escola… as santinhas tudo ficavam querendo também, inclusive levei algumas que também se perderam, viraram putas incontroláveis. Eu finalmente encontrei a profissão certa, me divirto pra caramba. Mas aparece cada homem lindo, que meu Deus do céu, perco a cabeça mesmo. Eu sou loirinha de

Peguei minha esposa na orgia com os negões roludos

Eu me chamo Paulo Neto e sou casado com uma aprazível loira de corpo escultural tragada Flávia e minha mulher constantemente chamou atenção de todos os meus colegas e mais homens por no qual passa, já que ela além de bastante gostosa, gosta utilizar moda bem curtinhas para acentuar as belas curvas e estes peitos gostosos de silicone, que fui eu que paguei, diga-se de passagem.

Perdi o cabaço com meu tio

Meu nome e barbara tenho 23 anos , sou morena tenho seios fartos e bubum arrebitado bem uma delicia.

Pagando a conta do Marido

Oi pessoal… pra que não me conhece meu nome é Rico um cara normal, casado, safado, boa lábia e que adora um caso extraconjugal…porém em casa com a esposa sabe muito bem deixa-la satisfeita e realizada ma cama.

Novinha do coroa safado

Bom Olá sou Anaid tenho 26 anos atualmente e irei relata a vocês algumas de minhas aventuras quando mas nova …

Meu primeiro homem

Essa história aconteceu comigo há muitos anos, mas tinha um certo medo de revelar, medo esse perdido ao ler contos quase parecidos. Tenho 41 anos, solteiro e sem filhos. Mas vamos a estória.

Fiquei com minha melhor amiga

meu nome é luísa, tenho 19 anos e moro em copacabana, no rio. costumo ter relacionamentos sérios com meninos, e meu último namoro terminou há oito meses. o que aconteceu foi um fato isolado, pois não sinto vontade de namorar meninas, mas sempre tive aquela curiosidade de saber como é beijar alguma amiga minha. e aconteceu.

Primeira e única experiência gay

Olá, meu nome é Robinson e vou contar uma experiência estranha que me aconteceu esse fim de semana. Tenho um tio que está preso, há mais ou menos uns 5 anos e nesse fds conseguiu sua primeira oportunidade de sair no feriado. Minha mãe ofereceu pra ele dormir uma noite em casa, no meu quarto, eu um colchão no chão. Até aí tudo bem, mas meus pais chegariam tarde da noite e até lá eu faria companhia ao meu tio. Jantamos e ele me contava que precisaria arrumar uma mulher nesses dias, pq estava na seca, nem punheta ele tinha como bater na cadeia. E eu que nunca tive nenhum pensamento gay comecei a sentir algo estranho de ver ele falar assim. Imaginei o como ele comeria a mulher com vontade. Disse a ele pra ficar a vontade e que eu iria tomar um banho, e no banho comecei a imaginar muitas coisas, pensei em o provocar pra ver o quanto era verdade aquela vontade toda.

Noivinha, novinha e muito putinha

Eu conheci a Flávia após comentarmos um determinado assunto numa rede social, ela concordou com meus argumentos e iniciamos uma conversa sobre esse assunto.

Festa Junina da Escola

Me chamo Daniela, mas onde moro só me conhecem por Dani. Tenho 19 anos, 1,62 com peso proporcional a altura, pele morena, cabelos loiros e um corpo bem atrativo, pelo menos para quem me viu. Gosto muito da praia, por isso tenho marcas de bronzeado e isso colabora para que me achem atraente.

Fiz meu marido comer minha amiga safada

Meu apelido é Malú. Sou bem coroa, com 1,63m, cheinha, cabelos escuros e lisos. Tenho um bumbum muito elogiado e cobiçado. O rostinho é um sucesso no Badoo e Facebook. Não tive filhos. Talvez por isso os seios são firmes e os biquinhos rosados. Quem provou minha xaninha sempre diz que é muito apertadinha, mesmo quando toda melada.

O delicioso cuzinho da minha cunhada

No ano passado fui passar férias na casa da minha sogra. Minha namorada tem uma irmã novinha que é uma delicia, toda durinha, tem uma bunda maravilhosa e seios firminhos, sem contar que ela usa uns shorts bem coladinhos e deixa aparecer o volume de sua bucetinha. Certo dia estávamos na casa da minha sogra e minha namorada foi para um salão de beleza, ela ia passar a tarde toda lá como minha sogra estava trabalhando acabei ficando sozinho com a minha cunhadinha. Resolvemos então assistir um filme, eu joguei um colchão no chão e me deitei, ela se deitou no sofá. Eu estava concentrado no filme até que pude ver pelo vidro do rack da sala que minha cunhada estava de pernas abertas e de saia, eu conseguia ver sua bucetinha dentro daquela calcinha branca, eu estava com um short tipo de jogar futebol e não consegui esconder minha excitação, quando percebi ela estava olhando para meu calção.

Meu urologista garanhão me fodendo gostoso

Sou um tipo bastante hipocondríaco, sempre achando que qualquer coisinha que sinto no corpo pode ser doença feia. Com esse espírito de preocupações, aos 32 anos marquei consulta com um urologista credenciado pelo meu plano de saúde e parti para o exame convencional da próstata. Aquele em que o médico enfia o dedo no rabo do consulente, examinando tamanho e consistência da glândula . Depois de responder a uma bateria de perguntas do jovem urologista, ele orientou que eu me preparasse para o exame de toque retal. Calçando uma luva cirúrgica bem lubrificada, doutor Enrico enfiou suavemente o dedo indicador direito no meu cu e girou ele sobre minha próstata. Não me contive e apertei seu dedo com toda a força. O médico sacou de cara a minha intenção, enfiou o dedo ainda mais profundamente no meu reto e com a mão esquerda massageou-me o saco escrotal, fazendo-me ejacular fartamente sobre a guarnição da cama hospitalar em cima da qual em estava deitado. Fui às nuvens, enquanto o jovem médico

Pai e filho fazendo putaria no banheiro do shopping

Meu nome é Otacílio casado, papai de 2 filhos, nos dias de hoje com 47 anos, cabelos ralos um tanto calvo e o remanente rsrsrs grisalho, meus olhos são verdes, tenho um andamento e oitenta de altura, faço academia e tenho braços ate fortes com costas largas, inclusive dessa maneira uma barriguinha aguardente rsrs, estilo de me preservar alisado sem nenhum pelo no corpo, porém nos dias de hoje estou deixando a barba grisalha bem aparada.

Como virei chupeteira safada

Nessa data eu também era abnóxio e não sabia nada sobre coito, moro no areal de Sc com meus pais e sou filha unica; um certo dia, meus pais precisaram dirigir-se para Lages uma vez que uma tia minha havia se acidentado e aparecia em estado baixo, meus pais pra eu não despossar muita apresentação resolveram me deixar na casa de uma tia que mora aqui na mesma município, me deixaram lá e foram alucinar-se, era por volta das 15h, no momento em que foi 17:30 minha prima Gislaine de 15 anos chegou da apresentação com meu essencial Ricardo que possui 10, eu e minha prima ficamos bastante tempo conversando e contando casos até que ela me perguntou se eu já havia ficado, respondi que tinha dado uns beijinhos em um amor, jantamos e dpois fomos achar-se na praia, chegamos lá e encontramos um amor que ela ficava que tinha 17 anos com o essencial dele de 15, ficamos conversando até que eles começaram a se beijar, decidimos ir pra um lugar mais absconso, eles ficavam se pegando e eu apenas do lado conversando com o Julio, minha prima por isso falou vai desfruta e da uns beijos no gatinho, fiquei sem agradecimento e ele veio e me beijou, não pude resistir e me soltei, ele começou a experimentar mudar a mão em mim, tentei abandonar porém no momento em que olhei para o lado minha prima já aparecia com os peitos pra fora do biquini e o amor beijando os seios dela, resolvi me abjugar e deixar acontecer, ele começou a enfiar a mão por dentro do meu shorts e acariciar meu barulho, nessa momento eu olhei para o lado, minha prima aparecia agachada com o bimba do amor na boca, na momento eu falei dessa maneira, o que você esta fazendo Gi? ela me respondeu uma chupetinha, desfruta e experimenta, fiquei um tanto receosa, porém o amor já aparecia com a bermuda abaixada e com o bimba pra fora apontando pra mim, pegou minha mão e colocou nele nessa momento eu sentia o sangue correndo nas veias daquele negócio, olhei pra minha prima ela tava com uma cara de que aparecia uma delicia, me abaixei e coloquei na boca, achei um tanto nojento no início, porém decidi permanecer chupando, o asco foi sumindo e a percepção daquilo difícil na minha boca foi ficando cada vez melhor; olhei de volta pra minha prima ela aparecia encostada no abrigo com a fora levantada e a calcinha abaixada e o amor adaptado por tras dela, ela aparecia anelante e dizia vai delicia continua, nessa coisa o amor que eu aparecia já me virou de costas pra ele, abaixou meu shorts com a calcinha juntamente e tentou adaptar, nossa a dor foi bastante grande que dei um ai e empurrei ele, o amor não teve modo e me machucou, não quis experimentar mais e ele pediu pra eu permanecer com a boca por isso, me abaixei de volta e voltei a chupar, logo senti o pau dele latejando e os jatos na minha boca, tentei levar mais ele segurou minha cabeça, no momento em que olhei pra minha prima ela tava mamando e pedindo pra ele permitir leitinho pra ela, falei se ela adora tambem vou deixar, puxei pra absorver o leite porém escorreu um tanto pela beirada de minha boca.

Romance proibido com minha mãe

Minha mãe é uma bela mulher. Ela tem 34 anos de idade 1,73 de alturas, pele clara, cabelo liso, seios e bunda grandes fartos. Andava sempre arrumada e procura sempre se cuidar. Quem enxergava ela, lhe daria 10 anos a menos para ela. Sempre que alguém me via junto com ela, me perguntava se eu estava namorando.

Novinha Bi e Safada

Há alguns meses achei uma moça de 19 anos em um bate papo desses que existem por aí e acabamos conversando bastante. O papo evoluiu para o zap. Em poucos minutos ela pediu uma grana para sair comigo, dizendo que precisava muito etc. Trocamos fotos, gostei muito do que vi… 1,58, uns 40 e poucos quilos, cabelos pretos longos, pele clara, um sorriso lindo… enfim um sonho de garota.

Corno e Consentimento

Meu nome é Thiago “nome fictício” sou casado há 8 anos, minha esposa e uma mulher de 1.65cm 64kg branca, olhos puxados, cabelo cacheado, bunda empinada e seios médios durinho ela e tímida e sempre que fazíamos sexo quando namorávamos passava muitos dias pra foder novamente, nós casamos e não temos filhos, logo no início do casamento eu tentei comer o cuzinho dela mas ela negava dizia doer muito, e passamos anos apenas no sexo normal papai mamãe, de quatro as vezes é era lá um erro ela fazia um boquete, com passar do tempo foi despertando em mim um desejo de ver ela

Sexo com Meu Padrasto

Vou relatar uma história real. Eu virei a putinha do meu padrasto. Meu nome é Freddy, tenho 22 anos e moro em Londrina. Sou branco, tenho 1,70m de altura, discreto e bonito. Malho regularmente e sempre tive uma queda por caras mais velhos.

Seduzido pelas novinhas da familia

Feriado de Carnaval Você arranja Casa na praia Pra Passar a Temporada, Sempre aparece alguém,, querendo usufruir.. rs rs

Não aguentei e dei para meu filho

Bom esse história já relatei em outro site e agora vou contar aqui, vou me anunciar como Fernanda, quer dizer Nanda, sou uma mulher de 38 anos, tenho 1,65 de altura, bum bum médio, peitos similarmente, faço academia para preservar a ótima maneira, e castidade parte chamo a atenção dos homens por no qual passo.

Viciada em Sexo Anal

Conheci muitas mulheres naquele chat. Fiz a volta na grande PoA só conhecendo mulheres. Todas elas gordinhas deliciosas.

Deixando o Vizinho com Tesão

Como de costume, minha Mulher havia tomado o seu banho e havia saído do banheiro só de toalha. Era por volta das 16:00h e o sol da tarde batia em nosso quarto. A janela estava aberta e minha Mulher ficava no espelho próximo à janela se arrumando. Tirou a toalha e ficou toda nua penteando o cabelo e se olhando no espelho. Daquela posição, Ela ficava visível, da cintura para cima, de um prédio um pouco próximo. Como Ela gostava de ser vista, não se importava. Às vezes falava com Ela para fechar a janela, mas não adiantava, Ela sempre falava que esquecia.