boquete com fio terra

Sexo gostoso no velório

Eu tinha um amante que ao inclusive tempo era como se fosse meu cunhado. Vou esclarecer melhor.

Depósito de Porra dos Machos do Cinema

Olá a todos me chamo Felipe e tenho 23 anos, sou branco, cabelos e olhos castanhos bem claros, 170 de altura, corpo sarado, bunda grande e boca vermelha. Eu trabalho já faz dois anos em uma mesma empresa e no caminho pra lá eu tenho que passar perto de um cinema pornô e sempre fiquei curioso para dar uma olhada lá dentro e ver como é, mas nunca tive a coragem, até que um dia eu estava com mais tesão do que o normal e resolvi tomar a coragem pra visitar o local, já era tarde, por volta das 22 horas da noite, eu tive que fazer serão naquele dia e por isso saí tão tarde, tinha passado o dia com um tesão desgraçado olhando pra todos os caras da empresa, as vezes eu fico desse jeito e acabo

Era para comer mas fui comido

Sempre tive tesão por travestis desde o primeiro vídeo que assisti. Aquela voz rouca somada àquele jeito único de se comportar e a forma provocante de olhar sempre me deixam de pau duro. Rabo grande, liso, que aguenta a pressão e um pau pra brincar. Resumindo, acho que bonecas desse tipo foram feitas pra gente brincar com carinho e cuidado. Só que é muito difícil de encontrar com uma. Via muito em anúncios de jornal e aquelas descrições rápidas já me deixavam imaginando coisas.

A Professora e o clube dos sádicos

Foi um longo dia para Danilo e seu pequeno grupo de conspiradores. Hoje era o dia. Danilo e seu amigo Breno, sua namorada Brenda e a irmã dela, Lena, tinham planejado agir há muito tempo. Desde que a professora Srta. Betina chegou no início do ano letivo à faculdade, com todo seu charme e beleza. Todos os quatro a tinham cobiçado desde o primeiro dia de aula. Breno e Danilo estavam discutindo o que gostariam de fazer com a bela professorinha, quando as meninas entram na conversa, com algumas idéias e todos fantasiavam mil maneiras de se excitarem, quando tiverem a professora dominada por eles.

Dando a bucetinha apertada pro meu cunhadinho gostoso

Eu era bastante novinha e namorava forte …porém meu cunhadinho era um gatão ….sentia bastante atração por ele , …..porém, fiquei na minha . No início éramos colegas sem bastante bate-papo …. porém com o tempo…… fomos ficando mais intimis e soltos e já falavamos várias bobagens eu inclusive até quando fazia coito com meu aficcionado pensava em Leo,…e fodia mais gostosinho.

Dando uma rapidinha com o travesti roluda

Sempre fui “macho”, nunca tive esses desejos doidos por homem e nem por traveco. Um dia resolvi fazer uma exceção, aconteceu quando fui curtir o aniversário de um amigo meu numa boate badalada aqui na cidade, que sempre está lotada de gente bonita e nesse dia não foi diferente.

Fui arrombado por três pedreiros roludos

Meu nome prefiro não dizer, mas venho aqui para relatar uma das melhores experiências sexuais que já tive. Tenho 20 anos, sou moreno claro, não sou gordo e nem magro, tenho um corpo legal que pretendo melhorar com malhação com o passar dos anos, afinal, malho a 1 ano e 6 meses. Quero contar a vocês sobre o dia em que eu realizei o fetiche de dar para nada mais nada menos que 3 pedreiros em uma construção.

Sexo na Escadaria do Shopping Tatuapé

Olá tudo bem? Vou contar esse conto erótico no qual tenho que confessar que uma de minhas melhores transas foi ontem na escadaria do shopping Tatuapé.

Fazendo dogging em chaçará com amigos do corno manso

Sou Raquel, 41 anos (não sei se é a idade, porém estou com um atração por rola grossa), casada a 6 aninhos e liberado a 1, moreninha clara, peitinhos grandes, bundinha média e do cúzinho abrangente.

Esposa fodendo no carnaval

vou abordar um tanto sobre o que resultou neste alvoroço. fomos aparecer curitiba, e aproveitamos para conhecer uma casa de swing bastante gostosa, com gente bastante bonita e tesuda.

Transa molhada com a amiga da namorada

Vou contar uma história que aconteceu comigo há mais ou menos 3 meses. É uma história longa e cheia de detalhes, então aproveitem – mas, pra quem quiser pular direto pra foda principal, pode avançar direto para onde tá marcado como parte 2. Sou o Marcio, 28 anos, bem de vida. Namoro a Mariana (Mari), 27 anos, baixinha de 1,60 e apenas 48 kg, um tesão de menina: branquinha, corpo violão, peitos médios, bunda redondinha… Essa história envolveu também um casal de amigos dela, a Larissa e o Edu; ela é amiga da Larissa desde a época do primário e eu acabei ficando mais ou menos amigo do Edu pela convivência das duas. Nos damos bastante bem. Há uns 3 meses, calhou de todos nós estarmos com 4 dias livres durante uma semana – as duas de férias da faculdade (a Mari faz eng. de alimentos e a Lari medicina), eu de folga entre um emprego e outro e o Edu sem projetos para tocar na sua empresa. Por influência das duas, resolvemos tirar uma mini-férias todos juntos, para relaxar. Escolhemos Ilha Grande, em Angra dos Reis, e pra lá fomos.

Me oferecendo para o Advogado desconhecido no shopping

Sou Raquel, 41 anos, casada a 6 anos, moreninha clara, peitinhos grandes que gosta uma chupada, cuzinho e buceta assanhados.

Não segurei o tesão e transei com meu cunhado

Meu amigo se chama Juliano por incrível. que pareça ele é meu cunhado . Sendo a pessoa mais próxima de mim ..Somos bons amigos, apesar do pouco tempo de convívio. E ótimo estar com ele. Ele é um menino de 26 anos com boca bem carnuda muito parecido com meu namorado.

Uma transa inesquecível

Olá! Sou o Lucas, tenho 25 anos, sou moreno dos olhos castanhos, magro uns 60 Kg, tenho 1,70 de altura… Atualmente estou solteiro. Este conto resolvi escrever há pedido dela. Vamos ao conto?

Arregaçadas por travestis

Meu nome é luiz, e continuando com as estórias verídicas com a aline (mulher de um colega) descrição mais uma caso atualidade (nomes fictícios). depois da aline permitir o cu para um viado (“o viado comeu o cu dela, ela comeu o cu dele”) ela queria fazer sexo com um travesti, porém eu teria que permitir para ele similarmente ou a minha mulher nessa sua nova imaginação. como eu não topei permitir ela teria que fazê-lo com minha mulher; o dificuldade é que simone (minha mulher) nem sequer desconfiava o que eu e a aline andávamos fazendo e tanto eu como a aline chegamos a entendimento de que seria melhor dessa maneira, uma vez que poderia por em perigo nossos casamentos. a aline já descrevi no bico atualidade (“cu de mulher de colega é mais bom”) e a minha mulher, similarmente com 39 anos, com 2 filhos, um tanto gordinha, com uma boceta gostosa e acolhedora, porém que não adora bastante de coito anal, cabelos castanhos claros, 1.60m. para evitar assomo depois da aline adotar pela net, bolamos um modo de provocar a simone sem ela cismar. num final de semana, a aline arrumou um razão para ficar no condomínio no qual possuimos casas vizinhas (interior de sp), e como o companheiro dela, eu e os nossos filhos (provas) teríamos que voltar ela pediu para a simone lhe realizar acompanhador e na 2 bazar elas voltariam no automóvel dela. no momento em que as duas voltavam sozinhas, a aline falou que tinha que mudar em um abastecedor, que era apenas pegar uma estradinha de mundo e logo retornaria ao caminho comum, a simone nem sequer desconfiou e a aline tocou para uma cadeia que tínhamos antecipadamente alugado, no qual o travesti adotado pela aline estaria esperando-as. chegando próximo ao local a aline falou que tinha errado uma chegada uma vez que geralmente achado de sp e não do acepção contrário e decidiu acabar para demandar na cadeia alugada, que aparecia aberta com aparelhagem tocando, um automóvel estacionado, tudo comum para a simone não cismar. a aline desceu começou a contatar e como não adora ninguém ela pediu para a simone lhe acompanhar até mais próximo da acesso. chegando próximo da acesso um travesti, bem afeminado apareceu e convidando-as para entrar falou que iria aconselhar-se um acompanhador, catálogo enquanto elas poderiam ingerir uma água ou café, nem sequer deconfiando elas entraram as duas aceitaram a água, no momento em que ele voltou com a água, já veio de lingerie, cinta acordo e tudo o mais, deixando a simone abalo e assustada, a aline fingia aproximado comportamento, no momento em que entraram mais 3 travestis (a aline tinha me aludido que era um apenas), e o de cinta acordo falou que já que elas atrapalharam a transa deles, eles iriam fazer sexo com as duas. aline e simone estavam mudas, sem comportamento, no momento em que um deles tirou ameaças com uma artifício, que não parecia ser de brincadeira, as duas se entreolharam e a aline falou para eles que sem violência, tudo pouco violência, no momento em que o traveco acautelado ameaçou falando: